Caça Eurofighter Typhoon.

A Leonardo, em nome do consórcio EuroDASS, recebeu um contrato da BAE Systems que verá o consórcio explorar o futuro do Subsistema de Ajuda Defensiva (DASS) ‘Praetorian’ do Eurofighter Typhoon.

O estudo ‘Praetorian’ Long Term Evolution (LTE) estabelecerá as bases para futuros trabalhos de desenvolvimento, o que garantirá que o sistema de Guerra Eletrônica do Typhoon continuará sendo um dos mais avançados do mundo nas próximas décadas. O contrato é uma parte essencial do estudo mais amplo do Eurofighter Typhoon LTE, que visa identificar um conjunto de aprimoramentos tecnológicos para a infraestrutura e propulsão do sistema de armas do Eurofighter Typhoon, a fim de fornecer um roteiro claro para o futuro da plataforma.

O DASS ‘Praetorian’ é fornecido pelo consórcio EuroDASS, que inclui Leonardo, Elettronica, Indra e Hensoldt. Equipa o Eurofighter Typhoon com proteção avançada contra ameaças, incluindo mísseis infravermelhos (busca de calor) e guiados por radar. O sistema é bem visto pelos usuários e foi testado em operações de manutenção da paz na Líbia e na Síria.

O projeto LTE permitirá que o Eurofighter Typhoon seja uma aeronave de combate eficaz e sobrevivente até 2060 contra um cenário de aceleração no desenvolvimento de tecnologia por potenciais adversários.

O subsistema de ajuda defensiva (DASS) ‘Praetorian’ é o sistema de proteção do Eurofighter Typhoon, que integra sensores e equipamentos de interferência para fornecer excepcional consciência situacional e capacidade de furtividade digital para a aeronave, alcançada por meio de técnicas avançadas de fraude eletrônica. O estudo Praetorian LTE avaliará possíveis requisitos futuros do DASS, permitindo que a aeronave lide com mais rapidez, facilidade e menor custo com novas ameaças à medida que surgirem no futuro.

Espera-se que o estudo ofereça opções para soluções técnicas e facilitadores de longo prazo que sustentem o caminho de crescimento da plataforma no futuro. As opções provavelmente abrangerão uma arquitetura aprimorada, à qual novos recursos podem ser adicionados de maneira mais ágil e de menor custo, além de melhorias na exploração e fusão de sensores para suportar a flexibilidade de múltiplas funções da plataforma. Uma série de opções será explorada e apresentada aos países parceiros do Eurofighter para apoiar a tomada de decisão informada.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS