Mais três caças F/A-18F Super Hornet devem chegar a Austrália para RAAF até o final de 2010.

O Ministro para Material de Defesa da Austrália Jason Clare informou que mais três aeronaves de caça adicionais serão adicionadas a frota atual de 11 jatos Super Hornets que estão operando junto ao Esquadrão Nº 1, na Base da RAAF de Amberley.

“Os caças Super Hornets estão dentro do prazo e sem estourar o orçamento,” disse Clare. “Eles adicionarão poder de fogo para nossa Força Aérea, levando nossa capacidade aérea para uma geração futura de aeronave de caça.”

O ministro Clare acompanhou a missão de disparo da primeira arma ar-sol Joint Standoff Weapon (JSOW C) feito fora dos EUA, liberada por um dos novos caças Super Hornet da RAAF. As fotos e o vídeo podem ser visto aqui.

“A arma efetua um voo planado que tem alcance de até 100km e oferece uma capacidade de ataque de precisão contra alvos cobertos, como bunkers.”

Os caças Super Hornets conduziram dois disparos das JSOW C na Área de Testes de Woomera contra dois alvos de concreto separados, entre os dias 30 de agosto e 15 de setembro de 2010, sendo ambos alvos atingidos com sucesso.

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

  1. assim que eu queria ver o Brasil, comprando regularmente, e sem frescura.

  2. Sou mais os Hornet do que propriamente o Rafale… Imagina, mais de 100 Super Honet's no Brasil e 1 ou 2 esquadrões de F35?

    Acho que sonhei altoooo demais. O Brasil prefere arriscar com os franceses!

  3. Linda foto de um ângulo diferente, parabéns ao Cavok.

    Pergunto: o que é aquela protuberância que aparece entre as turbinas? Seria o Towed Decoy? Ou é o reabastecedor do buddy-to-buddy?

    Sds.

Comments are closed.