F-16 jordaniaCaças da Força Aérea Real da Jordânia (Royal Jordanian Air Force – RJAF) na quarta-feira (16) atacou e destruiu vários veículos que tentavam cruzar a fronteira com da Jordânia com a Síria, conforme um comunicado emitido pelas Forças Armadas da Jordânia (Jordan Armed Forces – JAF).

O incidente, que o Exército disse que ocorreu por volta das 10h30, envolveu uma série de veículos camuflados que tentavam atravessar ilegalmente a fronteira com a Jordânia da Síria através de terreno acidentado. O oficial do exército disse em um comunicado publicado no site da JAF que um número (não informado) de caças da RJAF dispararam tiros de advertência para os veículos, que os ignorou e continuaram a se mover em direção à fronteira.

Um porta-voz do governo jordaniano disse que estava cada vez mais preocupado com "casos de infiltração". (Imagem: BBC Oriente Médio)
Um porta-voz do governo jordaniano disse que estava cada vez mais preocupado com “casos de infiltração”. (Imagem: BBC Oriente Médio)

Em conformidade com as regras de engajamento, os jatos destruíram os veículos. O exército não disse se os veículos pertenciam ao regime sírio ou os rebeldes.

FONTE: The Jordan Times – Tradução: CAVOK

Colaborou: LaMarca – Obrigado! 😉

Anúncios

85 COMENTÁRIOS

  1. Episódio no mínimo esquisito, não pela destruição dos veículos mas pelos mesmos ignorarem o aviso…. suicidas? Surdos, ETs?

  2. rssss…Lí que eram veículos militares…isso ai é uma hilux..utilitário…no minimo o pessoal foi fazer uma trilha no deserto, e os falcons resolveram, testar os vulcans.
    Aquela velha estória juntando a fome com a vontade de comer…os jordanianos deviam estar com o dedo coçando.

  3. Isso ta mais pra veiculo civil do que "viatura blindada"…. Isso parece alguem tentando fugir da guerra e acabou levando a pior….

  4. Vc acha mesmo que o governo sírio quis invadir a Jordânia com Hilux? E sem nenhum armamento?

  5. Amigos, são "rebeldes" ou sírios. Lá a coisa é assim, não é como na fronteira do brazil com o Paraguay, aonde a PF só pode ficar olhando.

  6. Pelo jeito civis morreram, saem do espeto e caem na brasa, lá tudo se resolve na bala!!!

  7. Sem considerar que essas SUVs são os veículos de transporte mais utilizados nesses cenários de guerrilha/insurgência. Iraque, Afeganistão, Síria, Faixa de Gaza… e por aí vai…

  8. Obviamente não estamos falando de uma invasão do exército sírio ao território jordaniano. Creio que o evento se caracteriza mais como uma incursão territorial (ou tentativa de), que também é ilegal, realizada por rebeldes ou mesmo até de forças sírias.

  9. Apenas "especulando" um pouco…
    Se considerarmos que os EUA e alguns de seus aliados na região, como é o caso da Arábia Saudita, estão apoiando os rebeldes sírios, é bem provável que estes, por saber que americanos e jordanianos são aliados, entenderam que não seriam rechaçados se fizessem uma incursão ao território da Jordânia, sem falar que a fronteira jordaniana com a Síria é um canal importantíssimo para o fornecimento de armas e suprimentos para os rebeldes sírios.

    O governo saudita, supostamente, é uma das principais fontes de financiamento e armas para a oposição síria, auxiliando também no contrabando de armamento pesado, muito deste vindo da Croácia, através de rotas clandestinas na fronteira Arábia Saudita-Jordânia. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/02http://m.strategic-culture.org/news/2013/10/12/the-jordanian-front-of-the-syrian-war.html

    Forças Armadas da Jordânia rotineiramente prendem contrabandistas de armas e drogas que tentam atravessar a fronteira com a Síria, contudo essa é a primeira vez, desde o levante sírio que começou em março de 2011, que os jordanianos usam aviões militares para acertar os veículos ao longo da fronteira. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/08http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_08_02/Jord-nia-interceta-carga-de-armas-contrabandeadas-da-S-ria-8518/ https://br.noticias.yahoo.com/tentativa-contraban

    Ou seja, estamos falando de uma região onde a atividade de contrabando é bastante intensa.

  10. Apenas "especulando" um pouco…
    Se considerarmos que os EUA e alguns de seus aliados na região, como é o caso da Arábia Saudita, estão apoiando os rebeldes sírios, é bem provável que estes, por saber que americanos e jordanianos são aliados, entenderam que não seriam rechaçados se fizessem uma incursão ao território da Jordânia, sem falar que a fronteira jordaniana com a Síria é um canal importantíssimo para o fornecimento de armas e suprimentos para os rebeldes sírios.

    O governo saudita, supostamente, é uma das principais fontes de financiamento e armas para a oposição síria, auxiliando também no contrabando de armamento pesado, muito deste vindo da Croácia, através de rotas clandestinas na fronteira Arábia Saudita-Jordânia. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/02http://m.strategic-culture.org/news/2013/10/12/the-jordanian-front-of-the-syrian-war.html

    Forças Armadas da Jordânia rotineiramente prendem contrabandistas de armas e drogas que tentam atravessar a fronteira com a Síria, contudo essa é a primeira vez, desde o levante sírio que começou em março de 2011, que os jordanianos usam aviões militares para acertar os veículos ao longo da fronteira. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/08http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_08_02/Jord-nia-interceta-carga-de-armas-contrabandeadas-da-S-ria-8518/ https://br.noticias.yahoo.com/tentativa-contraban

    Ou seja, estamos falando de uma região onde a atividade de contrabando é bastante intensa.

  11. Apenas "especulando" um pouco…
    Se considerarmos que os EUA e alguns de seus aliados na região, como é o caso da Arábia Saudita, estão apoiando os rebeldes sírios, é bem provável que estes, por saber que americanos e jordanianos são aliados, entenderam que não seriam rechaçados se fizessem uma incursão ao território da Jordânia, sem falar que a fronteira jordaniana com a Síria é um canal importantíssimo para o fornecimento de armas e suprimentos para os rebeldes sírios.

    O governo saudita, supostamente, é uma das principais fontes de financiamento e armas para a oposição síria, auxiliando também no contrabando de armamento pesado, muito deste vindo da Croácia, através de rotas clandestinas na fronteira Arábia Saudita-Jordânia. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/02http://m.strategic-culture.org/news/2013/10/12/the-jordanian-front-of-the-syrian-war.html

    Forças Armadas da Jordânia rotineiramente prendem contrabandistas de armas e drogas que tentam atravessar a fronteira com a Síria, contudo essa é a primeira vez, desde o levante sírio que começou em março de 2011, que os jordanianos usam aviões militares para acertar os veículos ao longo da fronteira. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/08http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_08_02/Jord-nia-interceta-carga-de-armas-contrabandeadas-da-S-ria-8518/ https://br.noticias.yahoo.com/tentativa-contraban

    Ou seja, estamos falando de uma região onde a atividade de contrabando é bastante intensa.

  12. Apenas "especulando" um pouco…
    Se considerarmos que os EUA e alguns de seus aliados na região, como é o caso da Arábia Saudita, estão apoiando os rebeldes sírios, é bem provável que estes, por saber que americanos e jordanianos são aliados, entenderam que não seriam rechaçados se fizessem uma incursão ao território da Jordânia, sem falar que a fronteira jordaniana com a Síria é um canal importantíssimo para o fornecimento de armas e suprimentos para os rebeldes sírios.

    O governo saudita, supostamente, é uma das principais fontes de financiamento e armas para a oposição síria, auxiliando também no contrabando de armamento pesado, muito deste vindo da Croácia, através de rotas clandestinas na fronteira Arábia Saudita-Jordânia. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/02http://m.strategic-culture.org/news/2013/10/12/the-jordanian-front-of-the-syrian-war.html

    Forças Armadas da Jordânia rotineiramente prendem contrabandistas de armas e drogas que tentam atravessar a fronteira com a Síria, contudo essa é a primeira vez, desde o levante sírio que começou em março de 2011, que os jordanianos usam aviões militares para acertar os veículos ao longo da fronteira. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/08http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_08_02/Jord-nia-interceta-carga-de-armas-contrabandeadas-da-S-ria-8518/ https://br.noticias.yahoo.com/tentativa-contraban

    Ou seja, estamos falando de uma região onde a atividade de contrabando é bastante intensa.

  13. Apenas "especulando" um pouco…
    Se considerarmos que os EUA e alguns de seus aliados na região, como é o caso da Arábia Saudita, estão apoiando os rebeldes sírios, é bem provável que estes, por saber que americanos e jordanianos são aliados, entenderam que não seriam rechaçados se fizessem uma incursão ao território da Jordânia, sem falar que a fronteira jordaniana com a Síria é um canal importantíssimo para o fornecimento de armas e suprimentos para os rebeldes sírios.

    O governo saudita, supostamente, é uma das principais fontes de financiamento e armas para a oposição síria, auxiliando também no contrabando de armamento pesado, muito deste vindo da Croácia, através de rotas clandestinas na fronteira Arábia Saudita-Jordânia. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/02http://m.strategic-culture.org/news/2013/10/12/the-jordanian-front-of-the-syrian-war.html

    Forças Armadas da Jordânia rotineiramente prendem contrabandistas de armas e drogas que tentam atravessar a fronteira com a Síria, contudo essa é a primeira vez, desde o levante sírio que começou em março de 2011, que os jordanianos usam aviões militares para acertar os veículos ao longo da fronteira. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/08http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_08_02/Jord-nia-interceta-carga-de-armas-contrabandeadas-da-S-ria-8518/ https://br.noticias.yahoo.com/tentativa-contraban

    Ou seja, estamos falando de uma região onde a atividade de contrabando é bastante intensa.

  14. Apenas "especulando" um pouco…
    Se considerarmos que os EUA e alguns de seus aliados na região, como é o caso da Arábia Saudita, estão apoiando os rebeldes sírios, é bem provável que estes, por saber que americanos e jordanianos são aliados, entenderam que não seriam rechaçados se fizessem uma incursão ao território da Jordânia, sem falar que a fronteira jordaniana com a Síria é um canal importantíssimo para o fornecimento de armas e suprimentos para os rebeldes sírios.

    O governo saudita, supostamente, é uma das principais fontes de financiamento e armas para a oposição síria, auxiliando também no contrabando de armamento pesado, muito deste vindo da Croácia, através de rotas clandestinas na fronteira Arábia Saudita-Jordânia. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/02http://m.strategic-culture.org/news/2013/10/12/the-jordanian-front-of-the-syrian-war.html

    Forças Armadas da Jordânia rotineiramente prendem contrabandistas de armas e drogas que tentam atravessar a fronteira com a Síria, contudo essa é a primeira vez, desde o levante sírio que começou em março de 2011, que os jordanianos usam aviões militares para acertar os veículos ao longo da fronteira. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/08http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_08_02/Jord-nia-interceta-carga-de-armas-contrabandeadas-da-S-ria-8518/ https://br.noticias.yahoo.com/tentativa-contraban

    Ou seja, estamos falando de uma região onde a atividade de contrabando é bastante intensa.

  15. Apenas "especulando" um pouco…
    Se considerarmos que os EUA e alguns de seus aliados na região, como é o caso da Arábia Saudita, estão apoiando os rebeldes sírios, é bem provável que estes, por saber que americanos e jordanianos são aliados, entenderam que não seriam rechaçados se fizessem uma incursão ao território da Jordânia, sem falar que a fronteira jordaniana com a Síria é um canal importantíssimo para o fornecimento de armas e suprimentos para os rebeldes sírios.

    O governo saudita, supostamente, é uma das principais fontes de financiamento e armas para a oposição síria, auxiliando também no contrabando de armamento pesado, muito deste vindo da Croácia, através de rotas clandestinas na fronteira Arábia Saudita-Jordânia. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/02http://m.strategic-culture.org/news/2013/10/12/the-jordanian-front-of-the-syrian-war.html

    Forças Armadas da Jordânia rotineiramente prendem contrabandistas de armas e drogas que tentam atravessar a fronteira com a Síria, contudo essa é a primeira vez, desde o levante sírio que começou em março de 2011, que os jordanianos usam aviões militares para acertar os veículos ao longo da fronteira. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/08http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_08_02/Jord-nia-interceta-carga-de-armas-contrabandeadas-da-S-ria-8518/ https://br.noticias.yahoo.com/tentativa-contraban

    Ou seja, estamos falando de uma região onde a atividade de contrabando é bastante intensa.

  16. Apenas "especulando" um pouco…
    Se considerarmos que os EUA e alguns de seus aliados na região, como é o caso da Arábia Saudita, estão apoiando os rebeldes sírios, é bem provável que estes, por saber que americanos e jordanianos são aliados, entenderam que não seriam rechaçados se fizessem uma incursão ao território da Jordânia, sem falar que a fronteira jordaniana com a Síria é um canal importantíssimo para o fornecimento de armas e suprimentos para os rebeldes sírios.

    O governo saudita, supostamente, é uma das principais fontes de financiamento e armas para a oposição síria, auxiliando também no contrabando de armamento pesado, muito deste vindo da Croácia, através de rotas clandestinas na fronteira Arábia Saudita-Jordânia. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/02http://m.strategic-culture.org/news/2013/10/12/the-jordanian-front-of-the-syrian-war.html

    Forças Armadas da Jordânia rotineiramente prendem contrabandistas de armas e drogas que tentam atravessar a fronteira com a Síria, contudo essa é a primeira vez, desde o levante sírio que começou em março de 2011, que os jordanianos usam aviões militares para acertar os veículos ao longo da fronteira. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/08http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_08_02/Jord-nia-interceta-carga-de-armas-contrabandeadas-da-S-ria-8518/ https://br.noticias.yahoo.com/tentativa-contraban

    Ou seja, estamos falando de uma região onde a atividade de contrabando é bastante intensa.

  17. Apenas "especulando" um pouco…
    Se considerarmos que os EUA e alguns de seus aliados na região, como é o caso da Arábia Saudita, estão apoiando os rebeldes sírios, é bem provável que estes, por saber que americanos e jordanianos são aliados, entenderam que não seriam rechaçados se fizessem uma incursão ao território da Jordânia, sem falar que a fronteira jordaniana com a Síria é um canal importantíssimo para o fornecimento de armas e suprimentos para os rebeldes sírios.

    O governo saudita, supostamente, é uma das principais fontes de financiamento e armas para a oposição síria, auxiliando também no contrabando de armamento pesado, muito deste vindo da Croácia, através de rotas clandestinas na fronteira Arábia Saudita-Jordânia. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/02http://m.strategic-culture.org/news/2013/10/12/the-jordanian-front-of-the-syrian-war.html

    Forças Armadas da Jordânia rotineiramente prendem contrabandistas de armas e drogas que tentam atravessar a fronteira com a Síria, contudo essa é a primeira vez, desde o levante sírio que começou em março de 2011, que os jordanianos usam aviões militares para acertar os veículos ao longo da fronteira. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/08http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_08_02/Jord-nia-interceta-carga-de-armas-contrabandeadas-da-S-ria-8518/ https://br.noticias.yahoo.com/tentativa-contraban

    Ou seja, estamos falando de uma região onde a atividade de contrabando é bastante intensa.

  18. Apenas "especulando" um pouco…
    Se considerarmos que os EUA e alguns de seus aliados na região, como é o caso da Arábia Saudita, estão apoiando os rebeldes sírios, é bem provável que estes, por saber que americanos e jordanianos são aliados, entenderam que não seriam rechaçados se fizessem uma incursão ao território da Jordânia, sem falar que a fronteira jordaniana com a Síria é um canal importantíssimo para o fornecimento de armas e suprimentos para os rebeldes sírios.

    O governo saudita, supostamente, é uma das principais fontes de financiamento e armas para a oposição síria, auxiliando também no contrabando de armamento pesado, muito deste vindo da Croácia, através de rotas clandestinas na fronteira Arábia Saudita-Jordânia. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/02http://m.strategic-culture.org/news/2013/10/12/the-jordanian-front-of-the-syrian-war.html

    Forças Armadas da Jordânia rotineiramente prendem contrabandistas de armas e drogas que tentam atravessar a fronteira com a Síria, contudo essa é a primeira vez, desde o levante sírio que começou em março de 2011, que os jordanianos usam aviões militares para acertar os veículos ao longo da fronteira. http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2013/08http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_08_02/Jord-nia-interceta-carga-de-armas-contrabandeadas-da-S-ria-8518/ https://br.noticias.yahoo.com/tentativa-contraban

    Ou seja, estamos falando de uma região onde a atividade de contrabando é bastante intensa.

  19. Tenho a mesma opniao , pode ter sido civis (incluindo crianças)fujgindo do inferno ,acabaram sendo metralhados ,a verdade nunca serah conhecida !

  20. A aviação jordaniana conta com aeronaves americanas emprestadas e usamericanus malvadus deixaram de apoiar os rebeldes sírios pq não são bestas, os caras querem fundar uma republica fundamentalista islamica e ferrar Yisrael. Mudamos de posição e estamos com o Assad agora. kkkkkkkkkkkkkkk

  21. Não lembro se no documentário Senta a pua ou numa entrevista mais curta sobre a Segunda Guerra, relacionada ao longa, mas um veterano da FAB já narrou o desgosto diário que tinha (ele já faleceu) ao lembrar de um caso semelhante, do qual foi protagonista: a ordem, na Itália, era metralhar qualquer veículo, civil ou militar, que circulasse numa determinada área sob patrulha dos aliados.

    E a missão da FAB, basicamente ar-terra, era cumprida com rigor, pois evitava o já confirmado contrabando de armas e a circulação de inimigos (e seus simpatizantes), no período relatado.

    Pois bem: num voo, um veículo é avistado e o brasileiro faz uma passagem.

    O motorista desce e aguarda a volta do avião militar.

    O brasileiro retorna rápido e, com uma rajada, atinge o automóvel. Explosão.

    Noutra passagem, mais fogo. E noutra, a confirmação: veículo destruído. Homem morto.

    O aviador militar cumpriu sua missão, no ambiente de guerra — a população sabia que não era seguro circular ali de carro –, mas aí vem o terror pós-conflito do piloto: e se fosse um desavisado? E se fosse um desavisado, que achou inusitado aquele primeiro rasante, e desceu do carro para admirar o avião, como qualquer um de nós poderia fazer?

    E por que tal dúvida?: o “civil” ficou impassível, fazendo uma viseira com a mão (!), esperando o caça voltar. Não parecia preocupado. E morreu nessa “inocência”. Será?

    Caminhonetes da caçamba aberta, como a Hilux, são muito usadas no transporte de homens, munições e até lança-foguetes e armas antiaéreas sobre tripés, montadas. A gente vê aos monte nas imagens da Síria, Iraque, Líbia. Mas também, podia não ser nada assim, várias possibilidades foram levantadas aqui, todas muito coerentes com o ambiente e a época conflituosa…

    A quem perguntar agora?

Comments are closed.