Um jato de treinamento Hawk 100, nas cores da Força Aérea de Omã. (Foto: BAE Systems)

O governo do Catar assinou um contrato oficial para nove treinadores avançados a jato (AJT) BAE Systems Hawk 100. Inicialmente, seis Hawks haviam sido incluídos na encomenda de 24 caças Eurofighter Typhoons de 2017.

A BAE Systems e o Governo do Estado do Catar assinaram um contrato em dezembro de 2017 para o fornecimento de 24 aviões Typhoon à Força Aérea do Emirado do Catar, juntamente com um pacote de apoio e treinamento sob medida. Isso estava sujeito a condições de financiamento e recebimento pela companhia do primeiro pagamento.

As negociações progrediram e vários marcos foram alcançados, incluindo a emissão de um decreto real relativo ao financiamento do contrato pelo Catar.

A BAE Systems agora anunciou no dia 29 de junho de 2018 que uma alteração foi feita no contrato para incluir o fornecimento de nove aeronaves AJT Hawk para a Força Aérea do Emirado do Catar, junto com um pacote de suporte inicial. A entrega da primeira aeronave Hawk é esperada para 2021. Estes jatos Hawk substituirão os antigos Alpha Jets atualmente em uso pelo Catar.

As discussões de financiamento estão em andamento e, quando concluídas com sucesso, foi informado que o primeiro pagamento seria recebido no terceiro trimestre de 2018.

Os primeiros Typhoons serão entregues em 2022.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. Hawk e Alpha Jet são contemporâneos, ambos muito capazes, mas o Alpha Jet não vingou comercialmente como se esperava, assim como seus descendentes Pampa e MiG AT, que seguiram o projeto geral.
    Já o Hawk, foi um estrondoso sucesso, com concepção oposta ao Alpha Jet.

Comments are closed.