Um dos dois C-27J Spartan da Força Aérea Queniana. (Foto: Filippo Novello / Jet Photos)

Leonardo entregou as duas primeiras aeronaves de transporte militar C-27J Spartan para a Força Aérea do Quênia em uma cerimônia realizada em Nairóbi, na quinta-feira (30/01).

A cerimônia de entrega contou com a presença do presidente do Quênia. As duas aeronaves estão equipadas com uma nova suíte de aviônicos.

O primeiro C-27J queniano foi visto nas instalações de Leonardo em Turim, Itália, em setembro de 2018 e um segundo entrou na linha de produção seis meses depois. O Quênia encomendou três aeronaves no final de 2017. A aquisição está sendo financiada por meio de um empréstimo obtido do Unicredit SpA da Itália no valor de US$ 198 milhões para as três aeronaves.

Os C-27J do Quênia serão equipados com winglets e um novo conjunto de aviônicos que atende aos requisitos civis e militares.

O Quênia é a quarta nação africana a encomendar o C-27J depois de Marrocos, Chade e Zâmbia. Outros clientes incluem as Forças Aéreas da Itália, Grécia, Bulgária, Lituânia, Romênia, Estados Unidos, México, Austrália, Peru e Eslováquia.

O C-27J ‘Spartan’ foi desenvolvido usando motores e sistemas do Lockheed Martin C-130J Super Hercules. Ele voou pela primeira vez em 24 de setembro de 1999.

A aeronave Spartan pode transportar até 60 soldados ou até 46 paraquedistas. Na função médica, 36 macas e seis atendentes podem ser transportados. A carga útil máxima é estimada em 10 toneladas.

Anúncios