Drone MQ-9 Reaper da Força Aérea Francesa.

No dia 17 de novembro de 2018, por volta de uma hora da madrugada, horário de Paris, a base aérea de Niamey perdeu contato com um drone MQ-9 Reaper pertencente à Força Barkhane, da Força Aérea Francesa (Armée de l’Air) que retornava à base após completar uma missão.

O drone caiu em uma área deserta a poucos quilômetros da pista, sem causar ferimentos.

As razões exatas para este acidente não são ainda conhecidas. Uma investigação para determinar suas causas foi aberta.

Este é o primeiro acidente de um drone Reaper francês desde que o tipo entrou em serviço em janeiro de 2014, com a Força Aérea Francesa operando na faixa Sahel-Sahariana da África.

Os drones Reaper franceses voaram mais de 23.000 horas desde que foram colocados em serviço operacional.

A França encomendou em 2013 quatro sistemas a um custo de cerca de US$ 1,5 bilhão. Cada sistema geralmente consiste de três aeronaves e uma estação de controle de solo, além de comunicações. Em 2017, a França recebeu seu segundo sistema MQ-9 Reaper. Até o final de 2019, o Força Aérea Francesa informa que terá doze MQ-9 em operação.

Anúncios