A Alenia Aermacchi entregou para Força Aérea Italiana o primeiro Tornado ECR modernizado. (Foto: Alenia)
A Alenia Aermacchi entregou para Força Aérea Italiana o primeiro Tornado ECR modernizado. (Foto: Alenia)

A Alenia Aermacchi, em colaboração com a BAE Systems e a Cassidian, seus parceiros no consórcio Panavia, entregou o primeiro atualizado Tornado ECR (Electronic Combat / Reconnaissance) para a Força Aérea Italiana. A Alenia Aermacchi, como líder técnica e do programa, está em processo de atualização dos aviônicos e sistemas de 15 jatos Tornado ECR.

O Tornado ECR MLU é a atualização da versão ECR atualmente em uso pela Força Aérea Italiana. Sua principal função é localizar e eliminar fontes emissores de defesa aérea de radar hostis com mísseis anti-radar.

O trabalho de atualização (MLU) foi feito pela Alenia com a participação da Cassidian e BAE Systems. (Foto: Alenia)
O trabalho de atualização (MLU) foi feito pela Alenia com a participação da Cassidian e BAE Systems. (Foto: Alenia)

A atualização da aeronave inclui vários subsistemas e adições de funcionalidades, bem como modificações no sistema on-board, equipamentos aviônicos e software de missão.

O Tornado ECR MLU apresenta um sistema integrado de navegação IN-GPS suportado por um sistema Multi-Mode Receiver (MMR) para aproximações e pousos ILS sem nenhuma visibilidade.

O novo sistema de comunicação e identificação incorpora as mais recentes normas de capacidades de comunicação segura, bem como a capacidade de transmissão / recepção de dados via Data-Link (MID), que integra funcionalidades de navegação TACAN.

Os cockpits do piloto e navegador possuem novas telas de exibição multifuncionais que melhoram a interface homem-máquina e reduzem a carga de trabalho da tripulação, e o cockpit do navegador apresenta novo LCD em cores que exibem TVTAB que substituem os ex-monitores monocromático, além de novos sistemas de iluminação interna e externa que são compatíveis com óculos de visão noturna (NVG).

A modernização melhorou muito a capacidade operacional do Tornado ECR. (Foto: Alenia)
A modernização melhorou muito a capacidade operacional do Tornado ECR. (Foto: Alenia)

A capacidade de reconhecimento eletrônico, um componente crucial da missão operacional do Tornado ECR, também foi melhorado através de novas funcionalidades relacionadas com a identificação de ameaças e localização (ELS multi-ship ranging).

O software da nova aeronave permite a integração de novos sensores e sistemas de aviônicos e também permite a integração de uma nova versão de mísseis anti-radiação (HARM) e também a possibilidade de lançar armas guiadas com precisão por GPS (JDAM).

Enhanced by Zemanta
Anúncios

3 COMENTÁRIOS

  1. Apesar dessa deriva extremamente desproporcional ao tamanho do aparelho, é bonito esse avião!!!!

    Vida longa ao Tornado!

  2. Depois de sua observação, somente agora percebi o que me incomodava esteticamente no Tornado: essa deriva totalmente desproporcional.

  3. Caro GIORDANI, bonito e grande! Às vezes a gente olha uma foto e pensa estar diante de um nanico AMX/A-1, mas é só ver outras imagens, como a desse biplace com o povão em volta…

Comments are closed.