A Aeronautica Militare Italiana recebeu oficialmente a primeira de seis encomendas aeronaves T-346A fabricadas pela Alenia Aermacchi. (Foto: Alenia)

A Direção Geral de Armamento Aéreo (DGAA) da Itália, em Roma, foi o local escolhido para a cerimônia de aceitação do primeiro jato de treinamento T-346A pela Força Aérea da Itália (Aeronautica Militare), o primeiro avião de produção em série M-346 Master, construído pela Alenia Aermacchi.

Os documentos oficiais foram assinados depois de intensivas verificações realizadas de uma forma construtiva e pró-ativa na unidade da Alenia Aermacchi em Venegono, juntamente com a Comissão de Testes nomeada para a tarefa pela DGAA. No final deste período, os vôos de aceitação foram realizados para confirmar que todos os seus sistemas funcionariam no dia-a-dia das operações, e dois vôos de aceitação final foram realizados por pilotos da Unidade de Testes de Voo da Força Aérea Italiana.

“A aceitação do primeiro avião de série do M-346, que estará muito em breve em serviço com a Força Aérea Italiana, comprova o sucesso da indústria de alta tecnologia italiana e representa a realização de um objetivo, sem dúvida, graças aos esforços importantes de todos os que trabalham na Alenia Aermacchi”, disse Giuseppe Giordo, diretor executivo da Alenia Aeronautica e da Alenia Aermacchi, e chefe da divisão de Aeronáutica da Finmeccanica.

“Esta entrega destaca nossa colaboração de longa data e construtiva, de muitos anos, com a Força Aérea. Nós também estamos orgulhosos de ser capazes de fornecer aos pilotos da força aérea de nosso país, que estão entre os mais bem treinados do mundo, com um treinador de próxima geração”.

O primeiro T-346A, a ser seguido em breve por um segundo, será inicialmente atribuído à Unidade de Teste de Vôo na Base Aérea de Pratica di Mare, onde passará por testes operacionais. A Força Aérea receberá a segunda aeronave e os outros quatro sistemas associados de formação no solo em 2012, tornando-se assim a primeira força aérea no mundo a ter em uso uma linha de formação baseada nos jatos M-346, a aeronave mais moderna atualmente no mercado para a formação de pilotos militares da próxima geração de aeronaves de defesa.

O contrato de compra da força aérea, no valor de 220 milhões de euros, para o primeiro lote de seis aeronaves M-346 e um sistema de treinamento baseado em terra, foi assinado no final de 2009, e o treinador Alenia Aermacchi M-346 recebeu seu certificado de tipo militar do escritório de certificação do Ministério de Defesa Italiano em junho de 2011. Essa aprovação é um requisito indispensável para que a aeronave esteja apta a ser utilizada em operações militares.

O M-346 incorpora os mais recentes conceitos de projetos, com aviônicos modernos similares aos utilizados pelas mais recentes aeronaves militares, como o Eurofighter, Gripen, Rafale, F-16, F-18, F-22 e o futuro JSF.

O M-346 é a plataforma ideal para a mais recente geração de sistemas integrados de formação. Sua plataforma flexível é configurada também para funções operacionais por um preço acessível de aeronaves avançadas de defesa (AADA).

Além do contrato com a Força Aérea Italiana, no final de setembro de 2010, a Alenia Aermacchi assinou o primeiro contrato internacional com a República de Cingapura no âmbito do Programa do Curso de Pilotos de Caça (FWC), que visa substituir a atual frota de treinadores. Em fevereiro de 2009, o M-346 também foi selecionado pelos Emirados Árabes Unidos para sua exigência de novos treinadores.

O M-346 também oferece a melhor resposta às exigências dos países participantes no programa Eurotraining.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS