53E MCASMiramar06062019 - Frota de helicópteros CH-53E Super Stallion atinge a marca de 1 milhão de horas de voo
Helicópteros CH-53E Super Stallion do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA decolam da linha de voo durante um exercício de voo em massa Estação Naval de Miramar, Califórnia, no dia 6 de junho de 2019. (Foto: U.S. Marine Corps / Lance Cpl. Julian Elliott-Drouin)

A frota de helicópteros de transporte pesado CH-53E Super Stallion alcançou um marco importante neste ano ao registrar mais de um milhão de horas de voo desde que entrou em serviço pela primeira vez com o Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA em 1981.

O CH-53E é uma máquina versátil usada para assalto anfíbio e inserção de longo alcance, fornecendo tropas, veículos e suprimentos. Este veículo de reabastecimento rápido ainda é uma das aeronaves mais usadas no arsenal aéreo militar dos Estados Unidos.

“O CH-53E tem recebido mais tarefas do que o esperado”, disse o Major Matthew Baumann, co-líder do programa do Escritório de Helicópteros de Transporte Pesado H-53 ??do Comando de Sistemas Aéreos Navais (PMA-261).

Atualmente, há 142 helicópteros CH-53E Super Stallions em serviço. Embora esteja fora de produção, o CH-53E está no meio de um “RESET” – um período contínuo de reconstrução, atualização e aumento de segurança, confiabilidade e capacidade para prolongar sua vida útil até 2032.

CH 53E Super Stallion - Frota de helicópteros CH-53E Super Stallion atinge a marca de 1 milhão de horas de vooDe acordo com Baumann, os primeiros 25 helicópteros completaram seu processo de RESET, “permitindo que os comandantes do esquadrão planejem treinamento, operações e manutenção com confiança renovada”, disse ele.

A reinicialização da frota do CH-53E é uma importante mudança da atual plataforma para o novo CH-53K King Stallion, que será a sua substituição para transporte pesado.

“O CH-53K é o helicóptero mais poderoso já construído pelos militares dos Estados Unidos”, disse o coronel Perrin, gerente do programa PMA-261. “Será mais seguro, mais rápido e mais capaz do que qualquer helicóptero pesado anterior no campo de batalha.”

Seu desenvolvimento está atualmente na fase de testes para definir sua real capacidade, com o objetivo de levar o CH-53K para os fuzileiros navais da frota até 2024.

“É um divisor de águas”, disse Perrin. “Estamos ansiosos para ter o K disponível para uso da frota. Mas, por enquanto, temos um helicóptero capaz, confiável e seguro que faz transporte pesado para nossos fuzileiros navais.”

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS