Um Sikorsky S-92 operado por uma empresa privada em nome da Guarda Costeira Britânica. (Foto: Lockheed Martin)
Um Sikorsky S-92 operado por uma empresa privada em nome da Guarda Costeira Britânica. (Foto: Lockheed Martin)

A frota global de helicópteros Sikorsky S-92, em maio último, ultrapassou a marca de um milhão de horas de voo, em um impressionante curto espaço de tempo de menos de 12 anos. A frota global do modelo de helicóptero é de 275 unidades. A Sikorsky lançou a campanha “Thanks a Million” para reconhecer os clientes, operadores, fornecedores e funcionários pelas suas contribuições por este marco importante.

“Estamos incrivelmente gratos aos nossos clientes, fornecedores e funcionários por alcançar este marco, e estamos tremendamente orgulhosos pelo registro de segurança líder da indústria do helicóptero S-92”, disse o Presidente da Sikorsky, Dan Schultz. “A Sikorsky está comprometida em fornecer apoio ao cliente de classe mundial e avanços tecnológicos para os nossos clientes que escolhem o helicóptero S-92 para as suas missões mais exigentes em algumas das condições mais difíceis do mundo.”

Um Sikorsky S-92 realiza um pouso numa plataforma offshore. (Foto: Sikorsky Aircraft)
Um Sikorsky S-92 realiza um pouso numa plataforma offshore. (Foto: Sikorsky Aircraft)

Com mais de um milhão de horas de voo da frota em serviço, e uma taxa de acidentes de menos de 1/10° da taxa dos helicópteros civis com motor multi-turbina dos EUA, a Sikorsky acredita que o helicóptero S-92 define o padrão da indústria em segurança e confiabilidade. O S-92 foi certificado nos requisitos Part 29 da FAA/EASA, conforme definido pela alteração 47. Ele abriu o caminho por ser a primeira aeronave certificada para esse rigoroso padrão e, atendendo ou superando as exigências da indústria de petróleo e gás. A taxa de disponibilidade média da frota S-92 está maior que 95% por mês.

Neste marcante ano, a American Helicopter Society International honrou o programa do helicóptero S-92 com o Prêmio Jensen T. Harry pelo seu excelente histórico de segurança. Em 2002, o helicóptero S-92 foi homenageado com o prestigioso Troféu Collier.

Desde 2004, a Sikorsky já entregou mais de 275 helicópteros S-92, predominantemente aos operadores que servem a indústria de petróleo e gás offshore em todo o mundo, além das tarefas de busca e salvamento e transporte civil. Onze nações usam o bimotor S-92 como principal meio para realização de missões governamentais. Em maio de 2014, a Sikorsky foi escolhida para construir a próxima frota de helicópteros presidenciais nos EUA, o mais avançado helicóptero de transporte executivo do mundo, utilizando a plataforma S-92.

Anúncios

8 COMENTÁRIOS

  1. Esse helicóptero deve ter um bom custo de hora de voo, seus motores movem metade da frota mundial de helicópteros militares.

  2. E só para lembrar os Sponsons do S-92 (aquelas grandes estruturas nas laterais do helicóptero) e os trens de pouso são produzidos pela Embraer.

    • Pois é!Mas a Rep.das Bananas preferiu comprar a kombi voadora que não pode voar ,baseado naquela conversa fiada de "tequinulugia deu pra eu".

  3. Um helicóptero capaz, com quase três centenas de unidades produzidas, sem nenhum cliente militar.

    Impressionante também ter abandonado o nome comercial "Helibus". Daria mais personalidade.

    Certamente terá um quando operado pelos Marines (presidencial)…

Comments are closed.