Boeing 747-400 da Delta Airlines foi usado para auxiliar na evacuação da Flórida devido a passagem do furacão Irma.

A Delta Airlines estará aposentando dentro de alguns meses seus jatos Boeing 747-400 Jumbo Jet, mas antes disso ocorrer, a companhia aérea colocou três aeronaves conhecidas como “Queen of the Skies” numa missão importante: ajudar na evacuação da população da Flórida antes da passagem do furacão Irma.

Na tarde dessa sexta-feira, um dos sete Boeing 747 restantes da companhia aérea voou para Orlando, partindo de Detroit. Com espaço para 376 passageiros, o Jumbo Jet é uma maneira eficiente de tirar mais pessoas do local, sem atrapalhar os já congestionados aeroportos da Flórida.

Desde quarta-feira, a companhia aérea adicionou 8.300 assentos adicionais da Flórida e do Caribe. Um voo de translado somente para funcionários e seus membros da família foi planejado de Fort Lauderdale para Atlanta na sexta-feira. Os voos especiais da Delta devem ocorrer até o dia 13 de setembro.

O fato é interessante pois a Delta geralmente usa seus 747-400s nas suas rotas transoceânicas, incluindo voos de longa distância para a Ásia a partir de sua base em Detroit.

O voo não foi gratuito, mas a Delta baixou o valor das passagens no voo da Flórida para US$ 399. O primeiro voo 2517 da Delta partiu de Detroit às 12h15. Pousou em Orlando às 14h52, então fez uma rápida preparação no solo e saiu novamente para Detroit às 16 horas.

Em Detroit, um dos principais hubs da Delta, os passageiros puderam assumir outros voos domésticos ou internacionais. A Delta cancelou 830 voos desde quarta-feira em antecipação ao impacto da tempestade no Caribe e na Flórida.

O furacão Irma causou estragos no Caribe. O furacão da categoria 4 atingiu no início da quarta-feira as Ilhas Leeward e desde então deixou um caminho de destruição em Anguilla, Antígua e Barbuda, St. Kitts e Nevis, St. Maarten e Montserrat, entre outras ilhas. O Irma está novamente aumentando a força e deve chegar nos próximos dias na Flórida.

SEM COMENTÁRIOS