Um dos Embraer E190 da Georgian Airways.

A Georgian Airways planeja aumentar sua frota a partir de 2019, de acordo com o seu diretor geral Givi Davitashvili, e assinou duas cartas de intenção com as fabricantes Embraer e Boeing.

A companhia aérea sediada em Tbilisi, Geórgia, assinou recentemente uma carta de intenções (LoI) para cinco aeronaves E195-E2s para entrega no final de 2019 até o segundo semestre de 2020, e um contrato similar para cinco aeronaves B737 MAX que serão entregues entre 2023 e 2024.

As novas aeronaves serão usadas para expansão e não para a renovação de sua frota atual, que consiste de três B737-700s, três E190/195s e um CRJ200.

Ambas as LoIs devem ser firmadas em um curto prazo.

SEM COMENTÁRIOS