Até 30 caças F-35A poderiam ser adquiridos pela Grécia. (Imagem ilustrativa)

A Grécia está considerando a aquisição em potencial de até 30 caças Lockheed Martin F-35 para substituir seus mais antigos jatos F-16C/D operados pela força aérea do país.

Além da atualização dos caças F-16, estamos no processo de selecionar um novo avião para a Grécia, para que possamos nos mudar gradualmente para a nova geração de aeronaves“, disse o ministro da defesa grego, Evangelos Apostolakis, em 5 de abril.

O interesse da Grécia em um caça de quinta geração coincide com os comentários do vice-almirante Mat Winter, diretor do programa Joint Strike Fighter que disse ao Congresso dos EUA que as vendas de caças F-35 poderiam ser expandidas para incluir cinco novos países. – Grécia, Romênia, Polônia, Singapura e Espanha.

Notícias locais sugerem que o país já solicitou preços e disponibilidade para 25 a 30 unidades do caça. Entretanto, qualquer compra dependerá dos planos financeiros da Grécia e da capacidade dos EUA de oferecer uma estrutura de pagamento de longo prazo.

A Polônia também reagiu aos comentários do vice-almirante Winter, com o ministro da defesa do país, Mariusz Blaszczak, afirmando que o processo de aquisição dos caças poderia ser acelerado.

A Grécia se torna mais um país interessado no F-35. (Imagem ilustrativa)

Como o lado norte-americano fala sobre isso publicamente, isso significa que a compra pode ser acelerada“, disse ele.

Geoffrey Ross Pyatt, o embaixador dos EUA na Grécia, diz que com a Grécia já atualizando alguns de seus F-16 para o novo padrão V, seria um “avanço natural” para o país também adquirir caças F-35A.


FONTE: FlightGlobal – Edição: Cavok

Anúncios

5 COMENTÁRIOS

  1. Grécia tá mais quebrada que o Brasil….só se for doação dos americanos ou vai vender todos os seus monumentos históricos.

  2. E lembrar que em 2000 os gregos anunciaram que seriam os primeiros clientes de exportação do consórcio Eurofighter, comprando 60 de uma vez, com opção para mais 30 — a BAE salivou…

    Mas aí, o país das aposentadorias inventou de lidar com Copa do Imundo… não, com Olimpíada… Dá na mesma: é para falir qualquer um.

  3. Caudilho Endorgan e a invasão da Ucrânia fez isso acontecer. Tio SAM tem que ajudar a defesa que perto de áreas de crise internacional coma Turquia se bandeando para lado das trevas, Kremlin. O F-35 é caro para eles , ms seria bom tê-los no mar Egeu patrulhando.

Comments are closed.