Visando substituir seus atuais E190, o International Airlines Group busca adquirir 26 aeronaves de nova geração.

O International Airlines Group (IAG) fará em breve um pedido para pelo menos 26 aeronaves Airbus A220 ou Embraer E190-E2 visando renovar sua antiga frota de jatos da Embraer voando na companhia aérea BA CityFlyer.

A subsidiária da British Airways, BA CityFlyer, opera atualmente 23 jatos Embraer (seis E170, 19 E190). Dois Embraer E190 são alugados por via wet-leasing da companhia aérea regional irlandesa Stobart Air.

A geração anterior de E-Jets da BA CityFlier tem menos de dez anos, mas o IAG planeja reduzir os custos de combustível da companhia aérea, encomendando o Airbus A220s ou a nova geração de jatos E190-E2 da Embraer.

Airbus A220-300
Embraer E190-E2.

O E190-E2 consome 17% menos querosene do que a geração anterior E190 graças aos seus novos motores e melhorias aerodinâmicas.

Se o IAG escolher o E190-E2, a companhia aérea também economizará nos custos de treinamento da tripulação de voo, já que o E190-E2 é baseado no E190 de primeira geração.

Por outro lado, o Airbus A220 é um pouco maior que o Embraer E190-E2 e oferece um alcance maior.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS