A aeronave executiva de porte médio Gulfstream G280. (Foto: Gulfstream)

O Gulfstream G280, jato executivo de tamanho médio de Gulfstream Aerospace, completou recentemente duas missões a caminho do 2017 Avalon Airshow, cada uma alcançando um recorde mundial de velocidade entre cidades pares.

O G280 voou de Cingapura para Melbourne, Austrália, uma distância de 3.332 milhas náuticas / 6.170 quilômetros, em 7 horas e 21 minutos a uma velocidade média de cruzeiro de Mach 0,81. Na semana seguinte, novamente partiu de Cingapura, desta vez com destino ao Aeroporto Internacional Al Maktoum em Dubai, completando o voo de 3.177 milhas náuticas / 5.883 km em 7 horas e 18 minutos a uma velocidade de Mach 0,82. O G280 já possui o registro entre cidades pares ao voar de Melbourne para Cingapura.

“Os clientes da Gulfstream podem confiar no G280 pela sua excelente agilidade e desempenho em todo o mundo”, disse Scott Neal, vice-presidente sênior de vendas mundiais da Gulfstream. “Graças às suas capacidades de velocidade e alcance, o G280 é o único avião de médio porte que pode enfrentar consideráveis ventos de proa e ainda ligar Cingapura a Dubai em tempo recorde”.

O G280 acumulou mais de 60 recordes de velocidade entre cidades pares desde sua entrada em serviço em 2012.

Junto com os níveis de ruídos mais silenciosos do setor e a eficiência de combustível de primeira classe, o G280 também possui a cabine mais confortável e personalizável de sua classe. A aeronave pode acomodar até 10 passageiros em duas áreas de estar distintas com locais para dormir para até cinco.

A cabine possui sistemas de entretenimento de alta definição e 19 janelas super-dimensionadas. Os passageiros também podem criar um ambiente de cabine exclusivo para cada missão usando o Sistema de Gerenciamento de Cabine da Gulfstream para dispositivos móveis.

A Associação Nacional de Aeronáutica dos EUA aprovou os dois recordes entre cidades pares e os enviou para a Federação Internacional de Aeronáutica na Suíça para reconhecimento como recordes mundiais.

SEM COMENTÁRIOS