O primeiro Sukhoi Su-30MKI reformado pela HAL.

A estatal indiana Hindustan Aeronautics Limited (HAL) decidiu reformar 25 jatos Su-30 a cada ano, ao contrário dos 12 atuais.

“O Ministério da Defesa tem planos de aumentar a capacidade de reforma dos seus jatos Sukhoi Su-30 para até 25 aviões por ano no futuro”, afirmou Subash Bhamre, ministro de Estado da Defesa, segundo o jornal Times of India.

Até agora, a HAL produziu 260 aviões Su-30, com mais dois para serem fabricados até o final deste ano.

A renovação das aeronaves Su-30 aumenta sua expectativa de vida em 10 anos, a partir dos 10 originais, ou 1.000 horas de voo.

“O primeiro lote de aeronaves fabricado em 2004 completou 10 anos em 2014. Atualmente, a HAL está revisando 12 aviões Su-30 por ano em sua divisão de Ozar”, informou o jornal diário citando uma fonte não identificada.

Chambre também rejeitou as alegações de que a HAL não tem ordens de serviço suficientes e que foi ignorada no acordo de fabricação de aeronaves Rafale. “As alegações que a HAL não terá ordens de serviço após 2019 são infundadas”, afirmou.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. 10 anos ou 1000 horas de vôo? Achei quer era muito mais que isso a vida útil desse caça.

    • Pois é. Outro erro da doutrina Russa/Soviética, "vamos investir em quantidade ao invés de durabilidade ou tecnologia, quebrou ou deu validade a gente faz mais" ao estilo WW2 onde os alemães derrubavam 10 P-51 e a indústria americana produzia 30. Isso não é viável financeiramente, nem durante a guerra não era, quanto mais hoje.
      Por isso, apesar de alguns sem noção não aceitarem e se remoerem aqui, vemos F-15 e F-16 com 30 anos de uso ainda bem competitivos, enquanto um Mig-25 por exemplo, se usasse potência máxima era os motores pro ferro velho ou um Mig-29 com 15 anos já levanta voo soltando peça.

Comments are closed.