O LCH na nova unidade de produção da HAL em Bangalore.

A fabricante estatal indiana de aeronaves Hindustan Aeronautics Limited (HAL) abriu um novo hangar de produção do helicópteros leves de combate (LCH) na divisão de helicópteros da HAL em Bengaluru, Karnataka, em 27 de fevereiro.

O hangar de produção foi inaugurado pelo Ministro da Defesa indiano Rajnath Singh.

Durante a cerimônia, Rajnath Singh elogiou a HAL por ser a espinha dorsal da Força Aérea Indiana (IAF) e por atender aos requisitos das Forças Armadas.

“A HAL se destacou tanto em operações quanto em finanças nos últimos cinco anos. Ela alcançou a liberação operacional em sete plataformas, incluindo aeronaves de combate leve LCA Tejas e no Light Combat Helicóptero (LCH), e revisou plataformas como Hawk e SU-30MKI”, disse ele.

Falando na ocasião, o Presidente e Diretor Administrativo da HAL, R. Madhavan disse que o LCH está completamente pronto para a indução operacional e que o Complexo de Helicópteros está totalmente preparado para sua produção. Ele acrescentou que o novo hangar de produção aumentará a capacidade de produção da LCH para atingir o pico de produção de 30 helicópteros por ano.

O LCH é um helicóptero de combate de classe de 5,5 toneladas projetado e desenvolvido pelo Centro de Pesquisa e Design de Asas Rotativas da HAL (RWRDC). É alimentado por dois motores de turbina HAL/Turbomeca Shakti (Safran Ardiden) e herda muitas características técnicas do helicóptero leve avançado Dhruv (ALH). O LCH tem a distinção de ser o primeiro helicóptero de ataque a pousar nas bases avançadas em Siachen, a 4.700 metros acima do nível do mar, com carga de 500 kg.

A HAL também informou o Ministro da Defesa sobre o andamento do novo programa de projeto e desenvolvimento de helicópteros nacionais indianos de múltiplos papéis (IMRH). O IMRH é proposto como uma substituição dos helicópteros de médio porte existentes, como Mi-17, Kamovs e Seakings, que serão eliminados gradualmente nos próximos 8 a 10 anos.

Anúncios

1 COMENTÁRIO