O demonstrador de tecnologia "Project Zero" da AgustaWestland. (Foto: AgustaWestland)
O demonstrador de tecnologia “Project Zero” da AgustaWestland. (Foto: AgustaWestland)

HeliExpo 2013A AgustaWestland revelou hoje o seu tiltrotor demonstrador de tecnologia “Project Zero”, dando uma visão sobre o que avançados helicópteros do futuro podem parecer. Isto, no entanto, não é um estudo em papel. O demonstrador de tecnologia foi projetado e construído em menos de 6 meses e já voou secretamente várias vezes em 2011 e 2012, demonstrando a avançada tecnologia de helicópteros da AgustaWestland.

O demonstrador de tecnologia tiltrotor é completamente alimentado por motores elétricos; projetado para pairar como um helicóptero e converter para uma aeronave de asa fixa, graças a inclinação para frente dos seus dois rotores integrados que podem ser girados em mais de 90 graus. O demonstrador realizou seu primeiro vôo não tripulado com cabo preso no solo em junho de 2011, nas instalações da AgustaWestland de Costa Cascina, na Itália, e desde então tem realizado voos pairados sem cabos dentro de uma área protegida.

Daniele Romiti, CEO da AgustaWestland, disse que “o programa ‘Project Zero’ demonstrador de tecnologia reúne muitas das tecnologias avançadas que a AgustaWestland tem pesquisado nos últimos anos e demonstra a nossa forte base tecnológica a partir do qual iremos desenvolver novos produtos para atender as necessidades de nossos clientes no futuro. Nós acreditamos fortemente no conceito de inclinação do rotor como o futuro do voo de alta velocidade de helicópteros, pois oferece muito maior velocidade e alcance do que a tecnologia de helicópteros compostos”.

“Esta é uma conquista maravilhosa do Grupo de Conceitos Avançados da AgustaWestland. Uma equipe de engenheiros apaixonados e brilhantes que trabalharam arduamente numa instalação protegida para conceber, projetar, construir e testar este demonstrador de tecnologia em um período excepcionalmente curto de tempo”, disse o Dr. James Wang, vice-presidente de Pesquisa e Tecnologia da AgustaWestland. “Este grupo vive a sonhar, e se ele pode ser sonhado, pode ser construído. A equipe não apenas construiu um avião ou helicóptero com motores elétricos, que teria sido muito fácil. Eles pensaram além e construíram um tiltrotor com dois rotores elétricos sem transmissão ou swashplates“.

Os rotores do demonstrador são movidos por avançados motores elétricos alimentados por baterias recarregáveis; futuras soluções híbridas também têm sido investigadas com um motor à diesel para acionar um gerador. Todos os sistemas de controle de aeronaves, controle de voo e atuadores do trem de pouso são movidos a eletricidade, eliminando a necessidade de qualquer sistema hidráulico.

Durante o voo em cruzeiro, as asas irão fornecer a maior parte da sustentação, com a fuselagem e profundor também contribuindo. O ‘Project Zero’ foi concebido com as asas externas destacáveis ??para as missões que serão executadas principalmente no modo helicóptero. Os elevons fornecem o movimento de pitch e roll no voo para frente, enquanto a cauda em V proporciona a estabilidade longitudinal. A aeronave tem muito pouco ruído e baixa assinatura térmica em voo e não necessita de oxigênio, permitindo assim voar em altitude ou em condições altamente poluídas, como erupções vulcânicas.

Os rotores do demonstrador, quando no solo, podem ser inclinados para frente e apontando a aeronave na direção do vento permite que os rotores sejam usados como moinhos de vento e recarregando o dispositivo de armazenamento elétrico da aeronave. O sistema de acionamento elétrico também tem a vantagem de não precisar do pesado e complexo sistema de transmissão requerido por uma aeronave de asa rotativa convencional.

O programa demonstrador de tecnologia ‘Project Zero’ está sendo inteiramente financiado pela AgustaWestland, como parte de suas atividades de pesquisa e desenvolvimento em curso.

Enhanced by Zemanta
Anúncios

7 COMENTÁRIOS

  1. Belo conceito, lembra um pouco os Helis de Ataque de Pandora… 🙂

    []'s

  2. Eis aí um conceito impressionante e por demais interessante! Parabéns a eles pela conquista!

Comments are closed.