O SB-1 Defiant compete para substituir os UH-60 Black Hawk no Exército dos EUA.

A Sikorsky precisou reprogramar o voo inaugural de seu novo SB-1 Defiant devido a alguns problemas na plataforma de testes do helicóptero.

Conforme relatado pela Flight Global, a equipe conjunta da Sikorsky-Boeing descobriu alguns problemas no sistema de transmissão da aeronave que será usada na plataforma de testes de voo. Funcionários da empresa enfatizaram que esses problemas “menores” serão resolvidos em breve.

De acordo com a Sikorsky, os problemas em questão podem ser causados por instrumentação defeituosa ou por um bug de software.

O Defiant é uma aeronave X2 de terceira geração que será o principal produto da empresa no programa Future Vertical Lift (FVL) do governo dos EUA. Os testes do sistema de propulsão são um requisito fundamental que deve ser atendido antes que o Defiant possa decolar.

O voo inaugural do SB-1 foi inicialmente esperado no ano passado, mas teve que ser adiado para o final deste ano devido a alguns atrasos no processo de fabricação das pás do rotor. Agora, o primeiro voo do Defiant provavelmente será no início de 2019.

O SB-1 Defiant é um dos candidatos ao programa Future Long-Range Assault Aircraft (FLRAA, pronunciado ‘FLORA’) do Exército dos EUA, anteriormente conhecido como o programa Future Vertical Lift, juntamente com o V-280 Valor da Bell. O Valor já realizou seu primeiro voo há quase um ano e o programa de voo de teste já está em pleno andamento.

Embora a Bell esteja usando tecnologia comprovada com seu propulsor V-280, a equipe da Sikorsky Boeing usa tecnologia de helicóptero composta, que é usada apenas em dois helicópteros experimentais, o X-2 e o S-97 Raider.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. Substituir os Black Hawk …
    A cada dia que passa algo mais complexo e caro substitui equipamentos baratos e pratico de manter,
    Nas forças americana nos últimos anos tem sido assim , no futuro como estará a disponibilidade destes equipamentos? Quantas vezes o orçamento americano precisará crescer para tentar manter níveis aceitáveis de disponibilidade de tais equipamentos no futuro….

Comments are closed.