123 650x405 - Helicópteros russos voam em primeira patrulha no nordeste da Síria
O chefe do centro de reconciliação russo Yury Borenkov disse que “a Rússia continua seus esforços para implementar disposições do memorando de entendimento russo-turco”. Foto: Marina Listoseva / TASS

Helicópteros russos realizaram sua primeira patrulha aérea no nordeste da Síria, de acordo com as disposições do memorando de entendimento russo-turco de 22 de outubro, disse o chefe do Centro Russo para a reconciliação dos lados conflitantes, o major-general Yury Borenkov.

“A Rússia continua seus esforços para implementar as disposições do memorando de entendimento russo-turco aprovado em 22 de outubro de 2019”, disse Borenkov. “helicópteros do exército realizaram patrulha aérea na rota – aeroporto de Kwaires, o assentamento de Ayn Issa, Raqqa, ao longo do reservatório de Assad até o aeroporto de Kwaires”, acrescentou.

Militares russos patrulharam nesta quinta-feira a rota de Ayn Issa-Alau-Tal Am-Tal Saman-Hazimeh, observou Borenkov.

Em 22 de outubro, o presidente russo Vladimir Putin e seu colega turco Recep Tayyip Erdogan assinaram um memorando sobre ações conjuntas destinadas a resolver a crise no nordeste da Síria. De acordo com o documento, em 23 de outubro, os militares russos e os guardas de fronteira da Síria foram enviados para as áreas próximas à zona segura de 30 quilômetros, que a Turquia está tentando montar.

Em 29 de outubro, o ministro da Defesa russo, Sergey Shoigu, disse que os curdos haviam completado a retirada de suas unidades armadas daquela zona segura. Em 1º de novembro, militares da Rússia e da Turquia realizaram a primeira patrulha conjunta da área a leste do rio Eufrates.


Fonte: TASS

Anúncios