Caça Kfir Block 60 da Força Aérea Colombiana.

Durante o Paris Air Show 2019, a empresa israelense IAI teria oferecido à Força Aérea Colombiana (FAC) uma versão melhorada da aeronave IAI Kfir, chamada Kfir NG (Next-Generation).

Segundo a publicação Jane’s, a Colômbia, que opera aeronaves Kfir desde 1989, está em busca de uma nova plataforma de combate aéreo, à qual a IAI ofereceu essa nova versão, que oferece melhorias estruturais, um novo motor General Electric F414, novo sistema de datalink e um radar AESA.

Os 22 caças Kfir que a IAI modernizou para a FAC foram elogiados pelos militares, que agora querem dar um passo para melhorar ainda mais os jatos com o Kfir NG que parece um ajuste perfeito para uma substituição adicional.

O representante da IAI citado por Jane, o chefe da Aviação Grupo IAI, Yossi Melamed diz que os combatentes Kfir colombianos foram atualizados para o padrão Kfir Block 60, suas fuselagens foram levados a “hora zero”, e acrescentou, sem entrar em detalhes, que o Kfir NG integra recursos mais atualizados.

Também estaria avaliando melhorias para aumentar sua capacidade de combustível. Não foi especificado se os aviões que a IAI ofereceria são completamente novos, ou se são aeronaves dos excedentes israelenses que seriam atualizados ou se essas melhorias seriam aplicadas às aeronaves Kfir Block 60, que estão atualmente em operação na Colômbia.

A FAC já possui a infra-estrutura necessária para fornecer apoio logístico ao Kfir NG, os pilotos conhecem o sistema de armas, possuem simuladores de vôo e até mísseis ar-ar.

O Sri Lanka também disse que assinaria um acordo para colocar em operação seus aviões Kfir, despertando também o interesse do Equador, que também possui aviões Kfir, que estão fora de serviço depois de serem substituídos por aviões Cheetah da África do Sul.

Anúncios