A nave Endeavour, pronta para seu último lançamento previsto para o dia 19 de abril, no Kennedy Space Center, Flórida. (Foto: Jim Grossmann / NASA) Clique na imagem para ver numa resolução maior.

Iluminada por holofotes de xenon, a nave espacial Endeavour, já conectada no tanque externo de combustível e aos dois foguetes auxiliares, está preparada para sua última viagem na Plataforma de Lançamento 39A, no Centro Espacial Kennedy NASA, na Flórida. A Endeavour e seis seis tripulantes da missão STS-134 vão partir no dia 19 de abril para a Estação Espacial Internacional, onde entregará um módulo logístico, um Espectrômetro Magnético, um tanque de gás e peças adicionais para o robonauta Dextre. Este será o penúltimo voo das naves espaciais dos EUA.

13 COMENTÁRIOS

  1. Não sei por que mas eu gosto,ops,gostava mais do Discovery…

    • Qual a diferença entre o Columbia, a Discovery, o Atlantis, a Endeavour e o Challenger?????

      • As diferenças são poucas, acho que a mais notável é no revestimento inferior que evita a "fritura" dos astronautas…

  2. Amigo T-800 , VIRA ESSA BOCA PARA LÁ , OU VOCÊ TÁ QUERENDO EXTERMINAR TODOS OS ASTRONAUTAS , RSRRSRRS .

  3. Infelizmente é outro mito que esta chegando perto da aposentadoria , toda sorte do mundo para os astronautas .

  4. O maior erro do Obama vai ser o de não autorizar a construção do sucessor desta nave. Esse negócio de deixar empresas privadas tomarem conta do espaço sozinhas vai dar em m3rd@.

  5. Como são as coisas e como o mundo dá voltas, por mais 30 houve um "briga" ou melhor corrida colossal em EUA e URSS, para quem conquistaria primeiro o espaço. Agora com o desmantelamento dos ônibus espaciais americanos, os mesmo ficaram totalmente dependentes dos russos e a Soyuz para levarem seus astronautas ao espaço e a ISS, a pesar de constante atualização a Soyuz é um projeto do final dos anos 50, e o mais engraçado que os "usamericanus" que sempre criticaram a engenharia e tecnologia russa agora tem que confiar nela mais que em sua própria. Rsrsrsrsr, queimaram a língua (rsrsrsrs).

    • A briga que havia entre russos e americanos era somente entre os militares e políticos dos dois países. Entre os cientistas e desbravadores acredito que sempre houve muito respeito silencioso, afinal, todos faziam parte da mesma familia, a alemã.

      • Roland, até concordo como você que havia grande e admirado respeito em o corpo científico em as duas nações, porem família alemã existia somente nos EUA, já que todo o principal e alto escalão dos foguetes V1 e V2 se entregaram aos americanos, os russos ficaram com plantas, projetos e alguns protótipos e nada mais.

Comments are closed.