O primeiro E190-E2 que será entregue para Wideroe Airlines, visto quando deixava a linha de montagem em São José dos Campos, interior de São Paulo. (Foto: Embraer)

A primeira aeronave E190-E2 de produção em série deixou a linha de montagem da Embraer, em São José dos Campos, nesta segunda-feira (09/03) e agora entrará na fase final de preparação antes de começar os testes de voo.

Segundo postagem do presidente da Embraer Commercial Aviation, John Slattery, o cronograma está mantido e um grande evento de entrega está marcado para o dia 4 de abril, em São José dos Campos, quando a cliente de lançamento da segunda geração dos E-Jets, a Widerøe Airlines da Noruega, receberá a aeronave.

A aeronave E190-E2 recebeu as importantes certificações do tipo pela ANAC, FAA e EASA no final de fevereiro.

2 COMENTÁRIOS

  1. Quanta diferença com a BBD:
    – Projeto começou, parou e reiniciou;
    – Atrasou a entrega em 3 anos;
    – Gastou muito mais que o esperado;
    – Teve enorme dificuldade em encontrar uma cia para ser a pioneira na utilização;
    – Não consegue ser produzido na quantidade prevista, mantendo-se na cadência de 1 a 2 por mês;
    – Diversas unidades estocadas, aparentemente por problemas de qualidade (gliders)
    – Em desespero teve 50,01% entregue à Airbus de mão beijada.

Comments are closed.