O segundo P-8 MRA Mk1 da RAF durante preparativos para o primeiro voo na fábrica da Boeing em Renton. (Foto: Woodys Aeroimages via Twitter)

O segundo de nove aviões de patrulha marítima P-8A Poseidon para o Reino Unido foi recentemente visto na fábrica da Boeing e está sendo preparado para o primeiro voo.

O primeiro exemplar do P-8 MRA Mk 1 da Real Força Aérea Britânica realizou recentemente o seu primeiro voo que ocorreu perto de Renton, nos Estados Unidos, e a aeronave será entregue em outubro deste ano.

O Poseidon é baseado nas aeronaves Boeing 737-800NG, cuja cadeia de suprimentos já é suportada pela indústria do Reino Unido, fornecendo várias centenas de empregos diretos no Reino Unido. Os fabricantes do Reino Unido também fornecem subsistemas especializados para o P-8A, por exemplo, Marshalls (tanques de combustível auxiliares), Martin Baker (assentos da tripulação), GE (pylons de armas) e GKN Aerospace (pára-brisas).

Em janeiro deste ano a Boeing recebeu um contrato de quase US$ 2,5 bilhões para produzir 19 aeronaves de patrulha marítima P-8A Poseidon para a Marinha dos EUA, Noruega e Reino Unido.

Dez dos aviões eram para a Marinha dos EUA, quatro para o Reino Unido e cinco para a Noruega. O Reino Unido pretende adquirir 9 aeronaves no total e já encomendou cinco. A compra de janeiro elevou o pedido total no Reino Unido de aeronaves de patrulha marítima P-8A Poseidon para 9.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. O 737- é um belíssimo avião. Seria mais bonito ele como avião presidencial do que o A319.

Comments are closed.