A maior aeronave anfíbia atualmente em fabricação, o turboélice AVIC AG600, acionou seus motores pela primeira vez.

A estatal chinesa AVIC General Aircraft Company anunciou nesta terça-feira que concluiu os primeiros acionamentos nos quatro motores que alimentam a aeronave AG600, o maior avião anfíbio do mundo atualmente sendo construído.

O primeiro protótipo do AG600, número de série 001, saiu de uma linha de produção na cidade de Zhuhai, no sul de julho, e passou por uma série de rigorosos testes.

Entre os dias 11 e 13 de fevereiro, todos os seus quatro motores Ivchenko WJ-6 foram acionados e funcionaram de maneira excelente nos testes, de acordo com a fabricante.

O AG600 deverá fazer seu primeiro voo no primeiro semestre de 2017 (provavelmente em março), dois anos após o planejado originalmente em 2015, devido a atrasos no desenvolvimento.

Com um peso máximo de decolagem de 53,5 toneladas e um alcance máximo de cerca de 5 mil quilômetros, o AG600 destina-se a combater incêndios florestais e realizar salvamentos marítimos. Ele também pode sugar 12 toneladas de água para dentro em 20 segundos. A aeronave AG600 tem uma envergadura de 38,8 metros e quatro motores turboélices.

A AVIC General Aircraft Company ganhou 17 intenções de compra para a aeronave anfíbia AG600, incluindo duas no Zhuhai Air Show 2014.

7 COMENTÁRIOS

  1. Uma bela aeronave! Foge dos padrões tipo 'cópia mal feita'. Design bem original. Os chineses já demonstraram o que sabem fazer, são evidências de um DNA puro chinês para aeronaves, assim como se observa nas aeronaves russas e americanas.

  2. Não vai demorar muito, os Chineses vão dominar a aviação civis. Na área militar estão avançando muito rápido também.
    Tem quem duvidavam que poderiam construir e operar porta-aviões e hoje está aí, enquanto A-12 vai pro saco por incompetência, só serviu para sugar o dinheiro público durante anos…