No dia 27 de fevereiro de 2016, uma aeronave de transporte C-105A Amazonas, do 1º/9º GAv (Esquadrão Arara) da Força Aérea Brasileira (FAB) teve um acidente durante a aterrissagem no aeroporto de Surucucu, na cidade de Alto Alegre, no estado de Roraima. A aeronave desde então não saiu da localidade, e nas fotos recebidas ontem (05) via WhatsApp, o C-105 aparece sem aviônicos na cabine, sem os dois motores e diversas peças nas asas e na fuselagem. O Cecomsaer nos deu uma posição sobre as imagens.

A aeronave C-105, matrícula FAB 2808, ao que tudo indica sofreu uma pane no trem de pouso durante a chegada no aeroporto, e não foi registrada informações de feridos. Pelas fotos, ao que tudo indica mais recentes, é notável a falta de diversos componentes do avião de transporte, provavelmente por “canibalização” de peças para outras aeronaves do mesmo tipo da FAB.

Paniel de comando praticamente “limpo”.

Semi-desmontada e sobre uma prancha para transporte, o FAB 2808 é um dos 12 aviões C295 adquiridos pela FAB em 2005.

Interior do FAB 2808.

Visando passar uma informação mais completa ao nosso leitor, enviamos ontem no final do dia um e-mail para o CECOMSAER, pedindo maiores informações sobre o caso. A FAB informou o seguinte:

“Todos os equipamentos embarcados, motores, hélices, assentos e demais itens passíveis de remoção já foram recolhidos e estão em processo de recertificação para reaproveitamento pela Força Aérea Brasileira.
O Comando-Geral de Apoio realizou estudos de viabilidade técnica, financeira e logística para retirar a fuselagem da aeronave. A operação deve ocorrer em breve.”

16 COMENTÁRIOS

Comments are closed.