Pela primeira vez desde 1989 uma aeronave Hercules da RAAF pousou na Antártica.

A aeronave de transporte C-130J Hercules da Força Aérea Australiana Real (RAAF) realizou sua primeira missão em apoio ao Programa Antártico Australiano.

Durante uma missão de 29 de fevereiro, um C-130J designado para o Esquadrão Nº 37 da RAAF decolou do Aeroporto de Hobart para uma jornada de 3.400 km pelo Oceano Antártico até a pista de gelo no Aeródromo Wilkins, na Antártica.

O voo exigiu o uso de um C-130J equipado com tanques de combustível externos, o que aumentou sua capacidade total de combustível de 19 toneladas para 27 toneladas. O Hercules também carregava combustível adicional dentro de seu compartimento de carga. No aeródromo de Wilkins, esse combustível foi bombeado para os tanques do Hércules por um tripulante do Exército Australiano do Regimento de Aviação 6.

O diretor da Divisão Antártica Australiana, Kim Ellis, disse que o voo para o sul, para a pista de gelo de 3,5 km, levou cerca de 7,5 horas.

“O Hercules entregou 780 kg de carga aos expedicionários da Austrália na estação de pesquisa Casey, nas proximidades, e demonstrou a capacidade de transportar uma carga maior, se necessário”, disse Ellis. “Esta é outra grande capacidade que o Programa Antártico Australiano agora tem para chegar às nossas estações, entregar carga e fornecer suporte médico ao nosso pessoal que trabalha na Antártica”.

O comandante australiano da Operação Southern Discovery, Dion Wright, disse que o voo é uma das missões de maior alcance realizadas pelos C-130J Hércules australianos.

“O uso do C-130J fornece capacidade adicional para a RAAF apoiar a Divisão Antártica Australiana, em vez de depender apenas do C-17A Globemaster”, disse o comandante da ala.

A última vez que um Hércules da RAAF aterrissou no gelo antártico foi em 1989, quando os C-130H do esquadrão n° 36 voaram missões de Christchurch, na Nova Zelândia, até a estação americana de McMurdo. O C-130H é o modelo predecessor do C-130J.

O C-130J Hercules da RAAF (conhecido internacionalmente como C-130J Super Hercules) é um avião tático de tamanho médio desenvolvido pela empresa americana Lockheed Martin como uma atualização abrangente do avião C-130 Hercules com novos motores, cabine de comando e outros sistemas.

O C-130J Hercules foi introduzido no serviço da RAAF em 1999. Uma frota de 12 é operada a partir da Base da RAAF de Richmond pelo Esquadrão Nº 37, com a última entregue em 2001.

No serviço da RAAF, os C-130Js trabalham ao lado de outros aviões de transporte do serviço, o C-27J Spartan e o C-17A Globemaster III.

Anúncios