O novo turboélice de transporte militar Ilyushin Il-112V durante testes junto da fábrica da VASO em Voronezh. (Foto: Sergei Pugachev / Russianplanes.net)

O primeiro protótipo da aeronave de transporte militar turboélice Il-112V iniciou os testes de táxi na pista da fábrica da VASO em Voronezh, se preparando para seu primeiro voo que deve ocorrer em janeiro de 2019.

A aeronave (número de série 01-01, número de registro 41400), fez os testes de táxi no dia 27 de dezembro. Inicialmente o primeiro voo estava previsto ainda para este ano, mas diversos atrasos no programa atrapalharam os planos da fabricante.

O novo avião possui dois motores turboélices Klimov TV7-117ST, e será inicialmente usado com propósito militar (Il-112V). Aleksey Rogozin, Diretor Geral da PJSC Ilyushin, disse anteriormente que a fábrica pretende lançar uma versão civil, designada Il-112T.

Mais cedo, em entrevista ao canal de TV Zvezda, o projetista chefe da Il PJSC Nikolay Talikov, disse que depois de dois ou três voos em Voronezh, a aeronave será transferida para Zhukovsky, onde continuará seus voos de testes.


Com informações de Rustam Bogaudinov, direto de Moscou.

Anúncios

12 COMENTÁRIOS

    • Se produzem novo , "mais do mesmo" , se mordenizam os antigos "sucata soviética" , não da para entender vcs .

      • Eu gostei. Turboélice, porta traseira e cauda T. Deve ser bom de decolagem curta.

  1. Essa coisa seria das dimensões de um C 130? Sei lá…não parece muito robusto…

    • Está mais para um equivalente ao C-295. O propósito desse aparelho deve ser substituir os An-24/26

      • Sim, mas eu diria que ele está mais para um C-27J. Apesar de serem de categorias semelhantes, as capacidades operacionais do Spartan é melhor e deve ser ele, que este novo Ilyushin está focando como principal rival no ocidente.

    • Tem a metade do tamanho, se não me engano tem capacidade para 9 toneladas. Realmente quem se deu mal foi a Antonov, os russos estão mostrando que não precisam da Ucrânia, era a Ucrânia que precisava deles…

  2. A Ucrânia foi na conversa dos Americanos: Deixem a Rússia de lado, vocês irão entrar na OTAN, no Comunidade Europeia. E Deu no que deu, falência econômica de varias empresas como a Antonov. Que por sinal já tinha produzido um cargueiro e este seria o padrão da Força Aera Russa.

    • Não, a União Européia prometeu o ingresso da Ucrânia. O problema da Ucrânia é entre os russos e os europeus. O principal aliado do regime ucraniano é a Polônia.

Comments are closed.