O A380 cumprindo seu protocolo de segurança, desativando os motores externos depois de tocar a pista em Guarulhos. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

Com pompas de um mega evento, o maior avião de passageiros da atualidade, o A380 da Airbus, pousou novamente em solo brasileiro. Lançado em 2005, o avião que tem mais de 72 metros de comprimento, tem capacidade para transportar até 853 passageiros em classe única ou 525 em uma configuração de três classes e autonomia de vôo de de 15.300 km, o que seria suficiente para realizar um voo entre São Paulo e Sidney na Austrália, sem a necessidade de escalas. A aeronave estava realizando sua turnê mundial.

O Airbus A380 Pousando no Aeroporto de Guarulhos , retornando de voo de demonstração. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

A visita ao País é parte da estratégia da fabricante em apresentar o modelo aos países da América Latina, que é o único continente ao qual o A380 ainda não tem vôos regulares, e onde a Airbus acredita haver demanda por parte das companhias da Região, para uma frota de 40 aeronaves nos próximos 20 anos, que deverão voar alem de São Paulo, para as cidades do Rio de Janeiro, Buenos Aires(Argentina),  Santiago(Chile) e Bogotá(Colômbia),

Os dois lados do Airbus A380 enquanto taxiava na pista em Guarulhos. (Fotos: Juliano Damásio / Cavok)

De acordo com o Vice-presidente executivo para a América Latina e Caribe da Airbus, Rafael Alonso, a fusão entre TAM e LAN, é vista como fator positivo para encomendas da aeronave, “A fusão entre TAM e LAN faz crescer nossas chances de vendermos a aeronave. Assim que se efetivar, tenho certeza que veremos o A380 na América Latina”. Quando perguntado, se a LaTam já havia demonstrado oficial interesse na aeronave, Alonso mandou o recado: “Que grande companhia se daria ao luxo de não ter interesse por nossa Aeronave?”

Segundo Alonso, São Paulo deverá ser o primeiro e principal destino regular do A380 na Região, impulsionado pelo crescimento econômico do Brasil, bem como pela realização de grandes eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas, fatores que já vêem influenciando uma enorme crescente na demanda de passageiros. Questionado sobre a necessidade de melhorias estruturais no aeroporto, Alonso respondeu “Essa questão não cabe a Airbus, o A380 é capaz de operar em qualquer Aeroporto do mundo, onde o Boeing 747-400 opera”.

Rafael Alonso, Vice-Presidente Executivo Para a América Latina e Caribe. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

A Airbus não mediu os esforços para provar, que o A380 não necessita de uma estrutura diferenciada para operar em determinado aeroporto, e que muito do que se fala não passa de mito, durante todo o evento, os executivos da empresa fizeram questão de fazer comparações com o Boeing 747-400.

Mesmas exigências operacionais? Segundo a Airbus, sim. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

Seis meses atrás, a Infraero concedeu autorização para que o A380 faça vôos regulares ao Aeroporto de Guarulhos, sem a necessidade eminente de melhorias estruturais, porém com restrições no horário a ser operado. Afora as questões de logística no desembarque e embarque de passageiros, o Aeroporto Internacional de Guarulhos tem outras limitações, a Airbus considera ideais para a operação da aeronave, pistas da categoria “Classe F”, com 60 metros de larguras,  como a pista de Guarulhos é da categoria “Classe E”, o que significa uma largura de 45 metros, os motores “de fora” são desligados durante o procedimento de pouso, logo após o avião tocar o solo, para evitar a sucção de materiais.

O A380 cumprindo seu protocolo de segurança, desativando os motores externos depois de tocar a pista em Guarulhos. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)
O Airbus A380 permanece no solo brasileiro até este sábado quando parte para o Chile. (Foto: Juliano Damasio / Cavok)

Na teoria, uma vez autorizado voos para determinado aeroporto, basta o interesse das companhias aéreas em operar com a aeronave, muito se fala que a Emirates estaria prestes a colocar o A380 na rota, porém quando questionado, se ainda faltava algo para que o A380 operasse em Guarulhos, Alonso mais uma vez deixou claro o objetivo da visita “Para que o A380 voe para a América Latina, é preciso que as Companhias daqui comprem nossa Aeronave”

A380 na América Latina? Depois das palavras de Alonso, muita gente encarou essa visita como uma mensagem direta as companhias latinas. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

A Airbus enfatizou alguns dados extremamente positivos do A380, dentre eles o fator de ser considerado o avião com  a cabine mais silenciosa de todos os tempos, de ser considerada a primeira aeronave a consumir menos de 3 litros de combustível por passageiro a cada 100 kilometros e ter um incrível índice de satisfação dos clientes que voaram na aeronave. Todos esses dados impressionam, mas nem seriam necessários, pois quando você entra no avião é que realmente se dá conta de quão grande e impressionante ele é.

Ficou por conta da TAM todo o suporte a equipe da Airbus e serviço de handling. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

O A380 definitivamente tem os números ao seu lado, atualmente possui 253 encomendas firmes de 19 companhias diferentes, sendo que das 253 encomendas, 218 foram feitas por 12 das 20 maiores companhias internacionais.

Com encomendas de 19 diferentes companhias, o A380 estará representado nas 3 grandes alianças (One World, Star Aliance e Sky Team). (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

Segundo a Airbus, mais de 20 milhões de passageiros já desfrutaram da “Experiência A380”. E de acorto com pesquisas de satisfação encomendadas pela empresa, 96% dos passageiros aprovaram o voo, sendo que 40% das pessoas descreveram a experiência como “Incrível”.

Um slogan bem sugestivo. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

A Aeronave que está no Brasil, é o protótipo de MSN 004, com um interior totalmente voltado para testes e com capacidade de apenas 40 passageiros, que é aproximadamente o número de pessoas que compõem a comitiva da “Airbus Tour”. No lugar dos assentos que estamos acostumados a ver, galões de água que simulam o peso dos passageiros e carga e um moderno centro de controle que fornece dados rápidos e precisos.

Upper Deck do A380 MSN 004. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)
Centro de Controle instalado no primeiro andar. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

Responsável pelos voos da Airbus Tour, o Comandante Chandler se orgulha de ter ajudado a projetar o cockpit da aeronave, e demonstra a intimidade com a Aeronave ao trata-lá carinhosamente como “My Baby”.

O Comandante cuida dos detalhes em "Seu Bebe". (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

Se seguir sua programação oficial, o A380 decola neste Sábado com Destino a Santiago, onde ficara exposto durante a FIDAE 2012, a qual o Cavok Brasil vai acompanhar e trazer para você todas informações.

Nota do Editor: O Cavok Brasil agradece a representante da Airbus no Brasil, Silvia Dalla, que prontamente nos atendeu e prestou todo apoio durante a permanência da aeronave em Guarulhos. Aproveito para agradecer os colaboradores Juliano Damasio e Wagner Damasio por terem ido ao evento e enviado o material para realização de matéria aqui no Cavok.

5 COMENTÁRIOS

  1. infelizmente não pude ver, e acho que não o veremos tão cedo por aqui ¬¬

  2. Gostaria de saber qual foi o meio de comunicação que divulgou na rede a presença do A380 em Viracopos na Sexta-feira às 11:50hrs ?
    Eu e mais 100 pessoas ficamos aguardando por mais de 3 horas embaixo de um sol escaldante o pouso do A380 que não ocorreu !!!

    Obrigado pela falsa divulgação amigos da rede !!!!

    • A Airbus informou de ultima hora que a aeronave iria para Viracopos mas faria somente uma passagem e nao pouso.

      Abraço,

      Fernando Valduga
      Editor Cavok Brasil

  3. Nossa, e pensar que eu cheguei em Guarulhos na terça e decolei na sexta depois da aeronave ter partido… o Motorista do executivo ainda tirou uma onda comigo: "você perdeu, a aeronave era belíssima"… 🙁

Comments are closed.