O Boeing 737-800 especialmente pintado de laranja para comemorar os 10 anos da companhia aérea Gol. (Foto: GOL Linhas Aéreas)

A partir dessa terça-feira, dia 21 de junho, a Gol Linhas Aéreas vai colocar em operação um de seus Boeing 737-800 Next Generation com uma pintura e adesivagem especial. Em vez do padrão branco, a aeronave recebeu um banho de tinta laranja e carrega o famoso aviãozinho com a faixa “GOL 10 anos”.

Após a pintura, foram aplicados os adesivos relacionados ao evento de 10 anos da companhia aérea. (Foto: GOL Linhas Aéreas)

O processo de pintura do Boeing teve duração de seis dias e foi feito no Centro de Manutenção de Aeronaves da GOL, em Confins (Minas Gerais). Os adesivos foram aplicados em seguida, após a secagem completa da tinta.

Todo processo de pintura e adesivagem foi feito no Centro de Manutenção da Gol em Minas Gerais. (Foto: GOL Linhas Aéreas)

A criação da peça, feita em parceria com a agência de publicidade AlmapBBDO, é parte da campanha “Imaginação”, que teve inicio em setembro de 2010, em comemoração ao marco da primeira década de voos de baixa tarifa no Brasil.

O primeiro voo comercial da aeronave após os trabalhos será o G3 1357, que partirá às 6h do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, com destino ao Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. O avião, de matrícula PR-GTF, realizará voos por toda a malha da companhia.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. Passada a promoção, a GOL poderia deixar as turbinas pintadas de laranja.Ficariam em harmonia com a cauda.

  2. A GOL merece efusivos parabéns pelos resultados alcançados em 10 anos de atividade, sobretudo por algo que é pouco comentado: não fosse o triste evento do voo 1907, onde a companhia não teve culpa alguma, seriam 10 anos de operações sem nenhum acidente ou incidente significativo.

    Este desempenho provavelmente colocaria a GOL entre as recordistas mundiais em segurança, contrariando um dos principais achismos sobre o sistema low cost/low fare – o de que há negligência em segurança.

Comments are closed.