Aviões F-16 da Força Aérea de Israel ficaram danificados na semana passada no sul de Israel, quando hangares em uma base militar ficaram inundados durante uma tempestade.

Vários caças a jato ficaram danificados pelas inundações na última quinta-feira, que deixaram as pistas da base aérea de Hatzor, no sul de Israel, inundadas, juntamente com alguns dos hangares, informou o Canal 12 na noite de domingo.

Oito caças F-16C/D “Baraks” ficaram danificados pela chuva, cinco deles sofrendo danos menores e três outros danos mais significativos. O dano causado às aeronaves está estimado em milhões dólares.

A reportagem também alegou que vários mecânicos que trabalhavam na base tiveram que ser resgatados da inundação repentina, quando se viram subitamente imersos em águas de inundação tão profundas quanto um metro e meio.

O censor militar de Israel barrou inicialmente a publicação da história, alegando que sua liberação poderia prejudicar a segurança nacional. A história foi liberada para publicação no domingo à noite.

Oficiais da Força Aérea estão atualmente conduzindo uma investigação sobre o incidente, procurando entender por que a base não estava preparada para a possibilidade de inundações, dado o clima tempestuoso que causou inundações em todo o país, principalmente ao longo da costa e no deserto de Negev.

A investigação também está investigando por que os aviões não foram removidos dos hangares afetados depois que a inundação atingiu a base.

Em um comunicado na noite de domingo, a IDF respondeu à história, dizendo: “Como resultado das condições climáticas difíceis da semana passada, córregos perto de uma base da força aérea no sul transbordaram e inundaram vários locais na base. Vários aviões ficaram danificados. Eles serão reparados e voltarão a voar nos próximos dias”.

“Além disso, na semana passada, foi realizado um trabalho para drenar a água da base. Ninguém ficou ferido no incidente”, adiciona o comunicado.

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

  1. Esse F-16 com água até as Asas vai gerar uma conta bem alta, deve ter água até no radar da aeronave, o motor foi pro espaço com certeza, fora toda parte eletrônica e hidráulica do aparelho que deve ter sido danificada.