Um caça Lockheed F-22 Raptor, da 49th Fighter Wing, da Base Aérea de Holloman, New Mexico, voa durante uma missão de treinamento durante o Red Flag 11-3, no dia 2 de março. (Foto: Senior Airman Brett Clashman / U.S. Air Force)

Durante o Red Flag 11-3, que foi realizado entre os dias 21 de fevereiro e 11 de março, During Red Flag, as tripulações de voo e de solo da 49ª Ala de Caça da Base Aérea de Holloman, New Mexico, participaram ativamente de cada exercício simulado definido realizado a partor da Base Aérea de Nellis, Nevada.

Um caça F-22 Raptor de Holloman se afasta do KC-135 após receber combustível em voo. (Foto: Airman 1st Class George Goslin / U.S. Air Force)

As missões para os pilotos de Holloman seguiam após um plano de treinamento que consistia de voos de formação até missões mais complexas como ataques planejados e combates aéreos contra unidades agressors.

Um Raptor recebe combustível de um KC-135 durante o Red Flag 11-3, realizado em Nellis, Nevada. (Foto: Airman 1st Class George Goslin / U.S. Air Force)

A fabricante do F-22, a Lockheed Martin, e a USAF citam que o caça detém uma taxa de vitória de 30:1 entre o Raptor e suas vítimas, o que significa que para cada vez que um Raptor é vencido em combate, 30 caças inimigos são abatidos. E não foi diferente nessa última edição do Red Flag. Os pilotos de caças F-16 e F-15 das unidades agressors, ou os “inimigos” durante o Red Flag, disseram estar “cansadas de sempre serem abatidas durante os combates simulados quando enfrentam os Raptors”.

Três caças Raptors da 3rd Fighter Wing, da Base Aérea de Elmendorf, Alaska, durante voo de treinamento no Red Flag 11-3. (Foto: Senior Airman Brett Clashman / U.S. Air Force)

Além dos caças Raptors da Base Aérea de Holloman, New Mexico, os F-22 da 3ª Ala de Caça, da Base Aérea de Elmendorf, Alaska, também estiveram participando das missões simuladas que partiam de Nellis.

Um caça F-22 Raptor da U.S. Air Force, durante o realista exercício de combate Red Flag 11-3. (Foto: Airman 1st Class George Goslin / U.S. Air Force)

O Red Flag é um exercício de treinamento de combate de forma realista que a USAF realiza com seus aliados, normalmente contando com a participação de mais de 80 aeronaves de diversas bases dos EUA e de outras partes do mundo.

Durante a edição 11-3 do Red Flag, além dos caças F-22 dos EUA, participaram os caças Tornado GR4 da Royal Air Force. (Foto: Tech Sgt. Michael R. Holzworth / U.S. Air Force)

Participaram dessa última edição as aeronaves militares dos Estados Unidos (USAF e U.S.Navy) incluindo F-15s, F-16s, E-3s, E-8s, A-10s, B-2s, C-130s e KC-135s, dos estados de Nevada, Missouri, Georgia, New Mexico, Missouri, Nebraska, Texas, South Carolina e Washington. Das aeronaves estrangeiras participam os GR4 Tornados da Royal Air Force, do Reino Unido, e os C-130 Hercules da Royal Australian Air Force, Austrália.

Um caça F-22 Raptor, da Base Aérea de Holloman, New Mexico, é preparado na linha de voo da Base Aérea de Nellis, Nevada, para mais uma missão durante o Red Flag 11-3. (Foto: Tech Sgt. Michael R. Holzworth / U.S. Air Force)

O exercício é um avançado treinamento de combate para os pilotos de caça, que conduzem as operações numa vasta área de treinamento da base de Nellis, a qual mede 60 por 100 milhas náuticas. O treinamento envolve combates ar-ar bem como ataques a alvos no solo, como aeródromos simulados, comboios e outras posições defensivas no solo.

Anúncios

62 COMENTÁRIOS

  1. Meu, o F-22 é muito fotogênico! Todas as fotos dele ficam lindas!!

  2. 30 :1 , a que se lembrar que os F-15/16 não estão entre os caças mais avançados do mundo hoje e a versões deles próprios mais avançadas como os BLOCK-60 e os SILENT EAGLE , os caças da USAF não contam nem com radar AESA , ai fica fácil para o caça da Lockheed Martin , por que não lococam os RAPTORS para combater contra os EF-18 Growler , esse já abateu o F-22 em combate BVR simulado usando um AIM-120 , lembrando que o RAPTOR estava com todos os seus sistemas ativados , mas foi detectado e teve seus sistemas enganados pelas contramedidas eletronicas do EF-18 , o Growler venceu o RAPTOR aonde ele leva vantagens , mostrando que o ditado é verdadeiro , algo só é invencível até onde seus pontos fortes não são descobertos .

  3. lembrando que os F-22 Sugars, não podem ver água.rsssssssss

    molhou…rachou…kkkkkkkkkkk

    • Dor de cotovelo de criança é dose! O fato é que o F-22 está aí, operacional, com uma taxa de vitórias espetacurlarmente alta, por mais que seu ódio infantil "duzamericanú" não permita ver!

      • HAHAHAAAAAAAAAA….. taxa de vitórias em dias normais, pois se chover, derretem…kkkkkkk

      • É isso aí Tireless,

        "Uzmaldituduzamericanu é feio, bobo, mau e comem as criançinha. Cuidado criançinha os yankee titio Obamis vem ti pegá. BÚ." hehehe.

        O anti americanismo de alguns é tão exarcebado que faz com que estes neguem o óbvio. Como vc disse, o Raptor está aí operacional e ninguém por enquanto, têm nada parecido.

        Esta estória de que tudo que vem do norte não presta, é papinho de estudante no D.A. de universidade pública, sentado, sem fazer nada e vestido com a camiseta do che quévara.

        • É legal ouvir isto, pois sempre tive uma coisa comigo:

          90% das pessoas que militam nesta área, que protestam contra os americanos, e usam a camiseta do tche, são filinhos de papai, que estudam em faculadades públicas, que andam de carro zero. Ser reacionário com a barriga cheia, tendo onde morar com cartão de crédito pago pelo papai, é fácil, assim até eu seria. A essência destes movimentos, se perdeu há muitas décads. Voltando ao assunto, é FATO: o F-22 é hoje e promete ser por muito tempo, o ÜNICO, 5a. geração em uso, não me venham com Pak-50 e o escambal, a antiga URSS tinha vetores bons, mas nunca nada que eles produziram superou os caças americanos, podem até chegar perto, mas a expertise em fabricar vetores de sucesso, sempre e durant muito tempo será dos Americanos.

          Bons vôos a todos.

          Cmte. Avelino

          BH-MG

  4. Calma amigo HMS TIRELESS , da um desconto para o nosso jovem amigo comentárista Felipim , rsrsrsrsrssss .

  5. Os Yankees sempre com sua propaganda de melhores no que fazem, essas informações são sempre suspeitas ou fantasiosas, no intuíto de confundir, ludibriar. Os oponentes do exercícios são países que participam de seus programas de "super-jatos".
    Pra mim, não passa de notícia pra justificar orçamento.

    • é, e os russos NUNCA falaram que o SU-35 deles é o melhor do mundo.

      Aliás, eles nunca falaram que nenhum armamento deles é o melhor do mundo.

      Nem a França, nem a China………

      É cada um…

      • Concordo com você Robert. Sakozy pode dizer na veja que o Rafale é o melhor mas "uzamericanú num podi dizê qi o Rapitor é um melhor". Até a China agora enche a boca pra falar de seu Stealth e a camarilha antiamericana já vem dizer que ele derrota fácil o Raptor quando, na verdade, o xing-ling pode muito bem ser sobrepujado na arena BVR por um Rafale com o SPECTRA totalmente operativo e o METEOR.

        • HMS,… esta de "uzamericanu" me lembra uma amigo que tenho lá no PA… o Vader conhece? rsrsrss

  6. Next target: Libya Air Force.Kadaffi,don't go home,you're the Raptor prey…

    Ainda bem que eu não sou um piloto líbio,ninguém merece ter que bombardear civil e saber que logo logo terá um raptor colando um AIM-120 ou AIM-9.

  7. f22 só é bom pq tem um radar bom, se o radar falha, já eram.

    como o amigo falou acima. e já tem um ponto fraco. a água..

    • e me diga qual avião que é bom sem funcionar o radar….

      Su-35?? Rafale?? Mig-35???

      Ah, já sei. O Bf-109 e o Spitfire. Pena que estamos em 2011.

    • É mesmo?
      Vou contar um segredo para você, mas não espalhe ok? Porque quem me confidenciou isto foi uma agente da KAOS infiltrada na CIA, NSA, Pentágono, USAF e até na CTU ( aquela agência do Jack Bauer).

      Segundo ela se houver falha nos dois motores, o RAPTOR kaput!
      Veja só hein Edu, este aviãozinho é uma merla mesmo…

  8. TEM ALGUMA BASE FORA DOS EUA COM ALGUM ESQUADRÃO DE F-22

    OU A USAF DÁ UMA DE GOLUM “ MEU PRECIOSO NÓS DEVE SÓ OPERAR

    EM TERRITORIO AMERICANO´´ ?

  9. Apesar que na participação deste exercício não tem um inimigo perfeito para o F 22 Raptor, é incontestável a performance deste caca formidável.

    O Raptor é tão bonito, destrutivo, elegante e ate ambicionado, que causa inveja, medo, especialmente para os anti – Americanos. Toda essa conspiração ao Raptor reduz se em apenas um ditado : Uma gota de sucesso, um oceano de rivais.

    Nos não deveríamos menosprezar algo que nao temos.

    • Neste caso, não devemos menosprezar então qualquer força aérea que tenha algo mais que o F-5…

      • Primeiro lugar ????????? !!! Apesar do tempo F-5 é um bom caça, econômico e ainda muito util para FAB. Apesar dos caças na concorrência do FX 2 serem razoalvelmente bons, deveria se considerar os caças russos SUKHOI .

        • É sim um bom caça, especialmente os nossos, que possuem sistemas bastante atualizados. Mas convenhamos, já foi o tempo…

          O F-5 modernizado ainda possui condições de integrar o sistema de defesa aéreo brasileiro por mais alguns anos, mas não como a linha de frente.

          • Basta lembrar que tanto a USAF, quanto a US NAvy, ainda utilizam o F-5 como caça agressor, para treinar seus pilotos em aeronaves bem maism odernas, dada sua excepcional capacidade de agressão, mesmo para um caça tão ultrapassado.

            Outra informação, os F/A-18 só substituiram os F-14 na US Navy, devido ao altissimo custo operacional do Tomcat. Nenhum vetor por mais moderno que fosse, nunca conseguiu, realizar a gama de funções dos Tomcats e no final de sua vida operacional, ainda se mostraram excelntes bombardeiros.

            Bons Vôos a todos!

            Cmte. Avelino

            BH-MG

  10. Também acho que se deve vê essa historia de 30 pra 1 com muito cuidado, sempre tive essa opinião de que muito do que se fala do F-22 deve se propaganda, não que eu duvide que ele seja o melhor caça da atualidade e assim será por alguns anos, só o PAK FA talvez consiga pegar esse posto no médio prazo.

    Quanto essa historinha de “antiamericano” não cansou não?

    Você fala uma coisinha dos EUA e logo vem um para encher o saco com essa historinha “a ele é antiamericano”, e daí se o cara é antiamericano os que criticam são anti-russos, anti-franceses e até antibrasileiros. Deixem de se sínicos!!!

    Parece frescura “aí não me toque se não você vai se antiamericano em”. Oras somos brasileiros e não devemos nada a ninguém, se é para se ofender que se ofendam quando se falar mal do Brasil. E mais uma coisa brasileiro tem todo o direito do mundo de odiar os EUA afinal foram aquelas PRAGAS que financiaram a nossa sangrenta ditadura que durou de 64 até 85 (21 anos!!). Sem falar nos equipamentos embargados, ou os vendidos, porém sabotados. Mas claro por falar a verdade dura e crua também vai de meia dúzia de “brazileiros” pra me chamar de antiamericano.

    • carl94,

      Os EUA não é perfeito, aliás não concordo com muita coisa que vem de lá.

      Agora, criticar um país só por criticar e dizer que os armamentos produzidos pelos americanos não prestam a meu ver é burrice, idiotice ou infantilidade.

      Quanto ao tema "sangrenta ditadura", assim escrito por você, não entrarei no mérito pois creio este não ser o espaço adequado. E este é um assunto que vai longe.

      Ademais, "sangrenta ditadura" também se enquadra na categoria de assunto de diretório acadêmico, seja este em univ pública ou privada, discutido por um monte de gente fantasiada de che quévara.

      Sds.

      • Concordo na parte em que você fala que menosprezar o armamento só porque é americano seja mesmo um absurdo, exatamente por se americano e eles entrarem em tantas guerras suas armas são as melhores ou pelo menos muito boas. Agora sobre a ditadura acho que negar ou fantasiar os fatos é uma saída como qual outra… (:

        • Para findar o assunto ditadura, em minha opinião, só um dos lados teve direito a apresentar os fatos, obviamente sob a ótica de suas pretensas vítimas. E isto vem sendo feito há muitas décadas.

          Se você formou sua opinião pesquisando friamente o ocorrido sem resquício algum de paixão ideológia, só me resta respeitá-la, mesmo discordando de você.

          Agora, se você conhece apenas a parte da história que vem sendo moldada e adequada conforme interesses escusos de alguns há muito tempo, sugiro humildemente que tente conhecer o outro lado.

          Assim, dou por encerrado este assunto pois como escrevi antes, creio não ser este o espaço para tal.

          Sds.

    • Quanto blá-blá-blá, bem na linha de que "uzamericanú é mau, feiu i bobu"

        • Estou muito longe de defender os EUA. Ocorre é que é nosso costume de povo subdesenvolvido em nunca assumir a culpa pelos próprios erros cometidos e colocar a culpa em terceiros. EUA nos embargaram? sem dúvida, mas ao invés do país investir em ciência e tecnologia prefere colocar a culpa "nuzamericanú". Pior, deprecia o produto oriundo de lá pelo fato de nos ter sido negado. Isso não cheira a dor de cotovelo?

          • Mas HMS TIRELESS, passamos pelos embargos e tem você e outros (muitos outros) que esquecem, e voltam a querer uma parceria com os EUA, você defende que devemos investir em ciência e tecnologia, mas defende uma parceria com quem nos vende equipamentos sabotados como foi o caso do sensor do míssil Piranha, aí como é que fica. Você se contradiz, primeiro quer um país soberano depois não quer sair da dependência americana, fica difícil assim.

            Porque não explorar novos parceiros como a França, Rússia, China entre outros. Nunca vamos chegar a lugar nenhum se ficarmos isolados, temos que te parcerias, mas por que só com os EUA, exatamente quem nos embarga e nos sabotam? Não faz sentido.

            Essa história de fazer tudo do zero é balela, temos sim que te parcerias ou roubar os conhecimentos dos outros como os EUA e a Rússia fizeram com a Alemanha, ou os chineses fizeram com a Rússia ou a França de todo mundo. Seja como for ninguém saiu do 0 para o 100 sozinho, mas cuidado com essas parcerias não é pedir de mais.

            • Temos um fato muto claro e latente hoje no Brasil, a corrente que está no poder, sofreu muito na mão dos militares, e hoje estão ai, com um sentimento de revanche.
              Agora, na época da ditadura, com todas os males próprios ao regime, não se via tanta porcaria como vemos hoje!

              Bons vôos a todos!
              Cmte. Avelino
              BH-MG

    • Que sorte temos em ter "usamericanu" para botar a culpa da nossa incompetência.

      Enquanto isso vamos botar a camiseta do argentino "Che".. rsrs

      Falar mal do regime multar é muito fácil agora, como brasileiro tem péssima memória nem vale a pena dizer os feitos realizados pelos mesmo, inclusive no combate a corrupção..

      Só para reativar a memória..

      Existiu um brilhante coronel chamado Mario David Andreazza que foi Ministro de três governos, construiu inumeras obras neste país, incluindo a ponte Rio-Niterói, e Transamazônica, que quando morreu seus amigos tiveram que cotizar para pagar seu enterro..

      Se houve excessos por parte dos militares também houve por parte dos terroristas..

      • Symom

        “Que sorte os americanos tem e te alguém que aceite a culpa de tudo para si…”

        Somos mesmo incompetentes de sabermos quem nos prejudicam e continuamos a afirmar que não existe nada de mais nisso, somos incompetentes de sempre apertamos os mesmo botões. Enquanto a visão de alguns não mudarem como a sua, o Brasil será o que é hoje uma terra onde se aceita a culpa que não só nossa. A primeira forma de resolver um problema é encontrá-lo e reconhecê-lo, seja a nossa corrupção seja nossa incompetência seja sabotagem externas todas essas fontes devem se combatidas.

        E Symom eu não uso camiseta de nenhuma personalidade historia, nem fico preso no tempo da guerra fria como você. Também pouco me interessa se um louco ideológico que como mafioso tomou conta do país por 21 anos morreu de fome, não me interessa se os motivos de alta traição para com a minha pátria, ninguém tem direito de dizer ao povo o que é melhor para ele além do próprio povo.

        È muito fácil dizer que esses bandidos nos protegeram do comunismo, quando na verdade quem tirou nossa liberdade foram eles e não os tais comunistas que jamais chegaram ao poder, digo que quem são os terroristas são esse bandido de farda, fizeram exatamente o que diziam que os comunista fariam quando chegassem ao poder ou seja mataram e torturaram por convicções ideológicas e por mim todos, todos que idealizaram ou lucraram com a ditadura deviam se fuzilados por alta traição no mínimo os seus nomes deviam se expostos para que a sociedade saiba quem matou e torturou se povo.

        Qual a merda da diferença de morrer pela pistola de um regime comunista ou capitalista, esse nomes são só nomes nada mais que isso não significam merda nenhuma pra mim, só a droga de uma justificativa para conseguir o poder ditadura é ditadura. Fascismo, nazismos, comunismo, capitalismo é só um fundo criado para iludir quem quer se iludido.

  11. "A fabricante do F-22, a Lockheed Martin, e a USAF citam que o caça detém uma taxa de vitória de 30:1…"

    Reescrevendo a frase: Para cada FAB um Raptor abatido… 🙁

    Num Futuro não muito distante o Dogfight como conhecemos irá retornar. As máquinas tornar-se-ão tão invísiveis ao radar( e não por motivo de silhuetas furtivas, mas sim por materiais absorverntes e "escudos eletromagnéticos") que os embates dar-se-ão olho-no-olho e a tiros de canhão!

  12. Vejam pq o F-22 Sugar é um fiasco da aviação:

    http://www.youtube.com/watch?v=KaoYz90giTk&fe

    o avião é caro demais ($356 milhões por avião)

    Não aguenta nem artilharia leve

    Tem problemas em voar na chuva

    Precisa de 30 homens/hr de manutenção para cada 1.7 hrs de vôo

    Foi criado para combater um inimigo que não existe mais

    Foi criado para ser um compromisso político com 44 estados diferentes da união

    Etc, etc.

    São os próprios americanos detonando o avião…..kkkkkkkkkkk

    🙂 🙂 🙂

    • Felipim, se o inimigo não existe mais, porque a Rússia e a China estão desenvolvendo versões de caças de quinta-geração similares, ou até mesmo "copiadas" do modelo norte americano Raptor?

      Bem ou mal, até hoje, somente os americanos tem tecnologia capaz de fabricar tal aeronave. Ela pode ter todos defeitos que você citou, mas nem nós brasileiros, nem mesmo os russos e chineses ainda chegaram perto do tal caça de quinta geração. Estão no caminho, mas quando chegarem lá, os EUA já devem estar na sexta-geração.

      Falo isso pois já vi apresentações do tal caça que não opera na chuva. E engraçado ou não o mesmo voava na chuva, e não se desintegrou ou teve falha. Muito pelo contrário. Deu um verdadeiro show de manobrabilidade.

      Sinceramente não gostaria de estar a bordo de qualquer caça e ter que enfrentar o F-22. Se o Rafale, Super Hornet ou qualquer outro caça abateu o F-22, pode apostar que o contrário deve ter acontecido muito mais vezes. Mas daí não se comenta tanto pelo fato que é normal né…

      Assim como os nossos F-5 abateram F-14, F-16 e tantos outros nos exercícios militares ocorridos no Brasil e no exterior. Se for dessa maneira que você fala, então vamos ficar de F-5 forever, pois os mesmos são melhores que F-14, F-16 e até dos Mirage 2000 da França.

      Abraço,

      Fernando Valduga
      Editor Cavok Brasil

    • Antiamericanismo com sentimentos bolivarianos criam textos absurdos como estes…faltou dizer que se é para o Homem voar, que tivesse asas…

      O Raptor é o ápice da tecnologia, mas ainda acho(convicção pessoal) que o YF-23 era mais caça…

      • Verdade YF-23 Black widow era mais caça. Seria fantástico ver os dois projetos juntos concluídos, em vez de um ( Raptor ).
        Se fosse possível $$$ compraria o projeto dos engenheiros da Northrop/McDonnell Douglas envolvidos.

  13. Chuva é a maior ameaça ao F-22…hahahahaaaaaaa

    Relatório que vazou nos EUA mostra que caça avançado sofre com problemas de manutenção, sobretudo na camada anti-radar

    A maior ameaça para o caça avançado da USAF, o F-22 Raptor, não são os MiG e Sukhoi russos. É a chuva. Um relatório confidencial sobre o avião acabou vazando este mês e revelou que o F-22 é um aparelho caríssimo de manter.

    Segundo ele, o Raptor precisa de 30 horas de manutenção para cada voada. Ou seja, são mais de US$ 44 mil por hora de voo. A grande vilã é a cobertura anti-radar da fuselagem que é vulnerável a chuva e a abrasão.

    Com isso, apenas 55% da frota de F-22 está operacionalmente disponível a qualquer momento – o aparelho nunca participou das missões no Iraque e no Afeganistão.

    De acordo com militares do Pentágono, o “F-22 foi projetado há 30 anos durante a Guerra Fria a um custo de US$ 350 milhões por aparelho, e são pouco adequados a combater terroristas e executar missões em guerras menores, as maiores ameaças ao país hoje”.

    É mais um motivo para que o presidente Barack Obama reforce sua ideia de cancelar a produção do F-22 com apenas 187 aviões

    http://moraisvinna.blogspot.com/2009/07/relatorio

    • Amigo Felipim (ou T800, ou AnakinFrango, ou Duda), por favor tenta controlar um pouco as ofensas gratuitas tanto para as aeronaves como para com os colegas daqui.

      Comentários que não tragam nenhum acréscimo ao assunto serão simplesmente ignorados. E tenta manter somente um nick, por favor.

      Obrigado,

      Fernando Valduga
      Editor Cavok Brasil

    • QUEIRA VC OU NÃO, O F-22 é o Melhor CAÇA DA ATUALIDADE, a QUATRILHÕES DE ANO-LUZ A FRENTE DE SEUS concorrentes russos e chineses (e tbm britânicos, israelenses, franceses, alemães, italianos, indianos ou qq outro caça)!!!…e QUEIRA VC OU NÃO, QUASE TODO PRODUTO AEROESPACIAL AMERICANO É MELHOR QUE SEUS CONGÊNERES DO RESTO DO MUNDO, AFINAL SÃO ANOS DE EXPERIÊNCIA, INVESTIMENTOS, TESTES, KNOW-HOW E SERIEDADE E COMPETÊNCIA!!!…aprenda uma coisa: Os EUAs são o que são PQ FIZERAM POR MERECER!!!….seus comentários tentando botar defeitos no F-22 são para causar risos, pq qq pessoa em sã consciencia admite a superioridade desse avião!!!

  14. Nossa Senhora….é só aparecer um tema ligado aos Raptors que as paixões afloram….rs

    E como todas as paixões acabam interferindo no equilibrio das coisas o clima fica quente….

    Com todo respeito aos amigos eu não sou nenhum fã dos EUA no que se refere à forma como nos tratam no aspecto político e como aliados que somos.

    Mas daí a querer diminuir o peso e a qualidade dos equipamentos made USA e, em especial, dos F-22 me parece uma forçada de barra exagerada.

    Os Raptors são uma realidade. São operacionais e estão 20 anos, no mínimo, à frente da concorrência.

    E voto a escrever algo que já disse em outros posts….DUVIDO que a linha de produção dos Raptors se acabe com a entrega dos últimos exemplares à USAF.

    Tenho certeza que novos contratos virão assim como ainda acho que será exportado pelo menos para o Japão, Coréia do Sul e Israel….

    Os Raptors ainda serão os melhores caças por muito tempo ainda….

  15. Os americanos, devido a sua vasta verba, sempre estiveram um passo a frente.
    Se eles expõem o F22, é porque já tem coisa muito melhor nos hangares.
    De longe é o caça mais temido atualmente. Qual faz frente? Rafale? Gripen??
    Fora que o F22 é uma parte de um grande conjunto de sistemas.

  16. Até a entrada do PAK F/A T-50 , o F-22 é e ainda será a nata da aviação de caça por um bom tempo sem rivais e ameaças a sua altura , quer queira ou não , mas lembrando que o caça como qualquer outro tem suas limitações e pontos fracos , ou seja não é invencível .

  17. O 100 por 1 caiu para 30 por 1? rsrsrss… e contra F-16 e F-15 de blocos antigos? agressores voam, em sua maioria, até F-16B25… e F-15 mais antigos ainda…
    Como seria então este 30:1 contra, Rafales, F-16B60, Typhoons, SU-30MK, SH e F-15C de última versão… já com AESA? 5:1? 3:1?
    Num exercício recente, o F-22 não foi, nem te perto, tão superior assim… ao que me consta foi apenas superior… digamos 2 ou 3:1… o que ainda o mantém como aeronave fantástica e suprema! mas mortal também… no sentido que pode ser surpeendida! acho que o SH Growler saberia se "virar" contra o Raptor…
    fico imaginando qual seria a modernização de meia vida do F-22…

    Sds!

    • Lembram que quando o F-14 Tomcat se tornou operacional, o que mais chamava atenção, era sua capacidade de rastrear 24 alvos, selecionar os 12 com maior potencial ofensivo e disparar contra 6 ao mesmo tempo? Falamos de um vetor que foi projetado na década de 70. Não tenho dúvidas que ele seria um adversário de peso durante muito tempo. Imaginem então o que não poderia ser feito por um projeto bem mais moderno e com as tecnologias e desenvolvimentos atuais.

      Bons vôos a todos.
      Cmte. Avelino
      BH-MG

  18. O Brasil , ainda pensa com mente de criança , o pensamento de país pobrinho não sai da cabeça , já somos quase a 6º economia do mundo ! e essa ideia de ficar querendo comprar armamento de outro pais não sai da cabeça , tem dó !
    temos que produzir tudo desde uma bala , até o satélite espião , chega de depender dos outros , primeira coisa que acontece em uma guerra , si o pais fornecedor estiver em desacordo com uma decisão soberana nossa , eles cortam o fornecimento de armamento e tudo ! , ai sim estamos acabados !

  19. Vamos ver se o F 22 Raptor é capaz de ganhar de alguns caças russos, por exemplo do Su27, Su35, Su37, o novo T50, Su 47, etc…

Comments are closed.