Um F-16A MLU do 31º Esquadrão de Caça do Componente Aéreo Belga.

Na segunda-feira (14/05), a base aérea polonesa Poznan-Krzesiny tornou-se a sede do anual Tiger Meet da OTAN, um exercício que consta apenas com unidades aéreas de vários países com um tigre em seu brasão ou em seu nome. Cerca de 70 caças treinam no exercício com os “tigres” até o dia 25 de maio.

Este ano, unidades de 16 países participam do exercício NATO Tiger Meet 2018 (NTM 2018), com 1.500 soldados e 70 caças, e várias outras aeronaves em apoio. O exercício neste ano será organizado pelo 6º ELT (esquadrão) da Força Aérea Polonesa, baseado em Poznan-Krzesiny.

Caças Rafale franceses no voo para Polônia, onde participam do NATO Tiger Meet 2018.
Saab JAS-39C Gripen da Força Aérea Checa.
Membros Participantes do NATO Tiger Meet 2018
Unidade Aeronaves Observação
6 ELT (Força Aérea Polonesa) F-16C/D Block 52 Fighting Falcon (6x)  
313 sin (Força Aérea Real Holandesa) F-16A/B MLU Fighting Falcon (5x)  
XII Gruppo (Força Aérea Italiana) EF2000 Typhoon (4x)  
142 Esc (Força Aérea Espanhola) EF2000 Typhoon (5x)  
TaktLwG 74 (Força Aérea Alemã) EF2000 Typhoon (4x)  
TaktLwG 51 ‘I’ (Força Aérea Alemã) Tornado ECR & IDS (4x)  
11F (Marinha Francesa) Rafale M (5x)  
31 sms (Força Aérea Belga) F-16A/B MLU Fighting Falcon (6x)  
59/1 Sqn (Força Aérea Hungara) JAS-39C/D Gripen (5x)  
211 TL (Força Aérea Suíça) JAS-39C/D Gripen (4x)  
Staffel 11 (Força Aérea Checa) F/A-18C/D Hornet (7x)  
335 Mira (Força Aérea Grega) F-16C/D Block 52+ Fighting Falcon (4x)  
1 JTS (Força Aérea Austríaca) Saab 105Öe (3x)  
1 AEW&CS (OTAN) E-3A Sentry (1x) (Voando a partir de Poznan – Lawica)
EHRA 3 (ALAT) SA 342 M Gazelle (3x)  
814 NAS (Marinha Real Britânica) Merlin HM. MK2 (1x)  
221 LtBVr (Força Aérea Checa) Mi-24 Hind (2x)  
230 Sqn (Força Aérea Britânica) Puma HC Mk2 (1x)  
21° Gruppo (Força Aérea Italiana) AB-212ICO (2x)

 

F-16B MLU Fighting Falcon da Força Aérea Real Holandesa.
EF2000 Typhoon da Força Aérea Italiana.

A característica especial do exercício internacional, que vem sendo realizado desde 1961, é que apenas as unidades que têm um tigre em seu brasão ou nome podem participar. A tradição fez com que muitas unidades participantes apresentem pelo menos uma das suas aeronaves para o Tiger Meet com uma pintura especial.

F-16D Block 52+ Fighting Falcon da Força Aérea Grega.
Puma HC Mk2 da RAF.
EF2000 Typhoon da Força Aérea Espanhola.

Um dos prêmios concedidos no final de cada “Tiger Meet” também é atribuído à pintura mais bonita. Desde 1977, o Silver Tiger recompensa o esquadrão de melhor desempenho durante os exercícios, bem como durante as simulações.

SA 342 M Gazelle.
AB-212ICO da Força Aérea Italiana.

O Tiger Meet é um exercício aéreo completo que coloca as tripulações sob pressão cada vez mais próximas da realidade. As equipes devem primeiro se preparar cuidadosamente para cada voo, levando em conta o aspecto operacional, o controle de tráfego aéreo e a logística. Um dia de exercício no “Tiger Meet” divide-se em duas fases, a primeira ocorre de manhã e permite um pequeno treinamento e prepara o trabalho entre as diferentes aeronaves. Então, a tarde é reservada para missões complexas envolvendo um grande número de aeronaves (Combined Air Operations) em um ambiente realista.

O Eurofighter “Ghost Tiger” alemão.

A Força Aérea Alemã enviou quatro Eurofighters do Esquadrão Aéreo Tático 74 neste ano, sediados na Base Aérea de Neuburg an der Donau. Este esquadrão aplicou uma bela pintura em um dos seus Eurofighters, que recebeu o nome de “Ghost Tiger” para o exercício, e foi um dos destaques no ILA Berlim deste ano.

4 COMENTÁRIOS

  1. Belas imagens, o Rafale Branco da 11F francesa é sem dúvidas muito bonito, é interessante esta unidade que não possui um tigre ou outro grande felino em seu emblema participar do grupo.

  2. A Staffel 11, como indicado na tabela não corresponde a Força Aérea Tcheca, mas sim da Força Aérea Suiça.

Comments are closed.