O motor GEnx-2B do 747-8F em Victorville, levemente amassado, enquanto que o veículo de reboque ficou bem danificado.

A Boeing divulgou no fim da semana passada que a aeronave 747-8F – RC521 – teve danos no motor General Electric GEnx número quatro quando a aeronave estava sendo rebocada no Southern California Logistics Airport, em Victorville, California. A aeronave estava abastecida com combustível e preparada para testes de milhas náuticas e com um peso estimado de 835.000lbs no momento da colisão. A seguir podem ser vistas mais imagens da colisão do Boeing 747-8F no veículo rebocador.

Apesar do impacto, as peças internas do motor do Boeing 747-8F não foram danificadas.

Felizmente ninguém ficou ferido no incidente e o dano, apesar de significativo, foi apenas superficial e não danificou os componentes internos do motor GEnx-2B. Como pode ser visto, o rebocador, o qual estava estacionado no momento, sofreu a maior parte do impacto. 

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. As fotos tiveram o benefício de mostrar, bem de perto, o característico desenho das novas pás dos motores GEnx propostos para o 747-8 e 787.

  2. Radar de pista ñ cobre o pátitio de manobra o q deveria cobrir um especializado nisso, para q informe no cookpit, alerta de voz e no painel da aeronave, hoje novos equipamentos vem surgindo como radar de cinzas para que o Comando tome decisão de desviar para aeroportos em condições de aterrissar, onde os Aviões devem ser parceiros dos Trens Rápidos, para seus translados imediatos……

    Devemos lembar q um Avião da Japan Airlines se chocou com um obstáculo pois pegou pista errada, pois chovia muito dificultando sua leitura, além de controladores desatento ou stressados, ñ sobrevivendo ninguém……

Comments are closed.