Helicóptero de ataque AH-64E Apache Guardian da Força Aérea Indiana. (Foto: IAF)

A Força Aérea da Índia colocou oficialmente em serviço hoje (03/09) oito helicópteros de ataque Boeing AH-64E Apache Guardian, na estação aérea de Pathankot.

Um padre realizou rituais na frente de um helicóptero na base em Pathankot e uma aeronave recebeu uma “saudação de canhão de água” para marcar a entrega. Os helicópteros foram introduzidos na presença do chefe da Força Aérea BS Dhanoa.

A Força Aérea Indiana (IAF) recebeu formalmente o primeiro dos 22 helicópteros de ataque AH-64E Apache Guardian encomendados nas instalações da Boeing no Arizona, Estados Unidos.

O contrato no valor de US$ 2 bilhões para os helicópteros foi assinado entre as duas partes em setembro de 2015. As entregas de todas as aeronaves estão programadas para serem concluídas em 2020.

O Ministério da Defesa da Índia aprovou também a aquisição de seis helicópteros AH-64E Apache, armamentos e equipamentos associados da Boeing a um custo de US$ 596 milhões para o Exército Indiano.

Os Apaches devem substituir progressivamente a frota legada da Força Aérea Indiana de helicópteros Mi-35 russos, que estão chegando ao fim de sua vida útil.

Os AH-64Es podem transportar mísseis AGM-114 Hellfire e pods de foguetes Hydra 70. Eles estão equipados com sensores avançados para permitir que eles detectem e atinjam seus alvos enquanto voam muito baixo e em alta velocidade para evitar a detecção por forças inimigas.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS