Vista aérea do Aeroporto Internacional Princess Juliana, em St. Maarten.

Na quarta-feira, o devastador furacão Irma atingiu a ilha de St. Maarten, no Caribe, e devastou grande parte da ilha com seus fortes ventos de mais de 300 km/h. Um dos pontos principais dos apaixonados por aviação no mundo, Maho Beach, junto à cabeceira da pista do Aeroporto Princess Juliana, praticamente desapareceu e com o terminal do aeroporto ficando seriamente danificado.

O famoso Aeroporto Internacional Princess Juliana fica localizado no lado holandês da ilha dividida, e nas fotos que estão surgindo após a passagem do furacão mostram o terminal do aeroporto bastante danificado, com pelo menos uma das suas pontes de embarque destruída. A pista também ficou coberta de areia e detritos. Fotos em mídias sociais mostraram o salão de check-in do aeroporto inundado e as cercas de segurança derrubadas.

Dentro do terminal do aeroporto.

Enquanto as pistas de pouso parecem estar intactas, a marinha holandesa disse que o aeroporto é “inacessível” por enquanto. O aeroporto suspendeu todas as operações antes da tempestade chegar como precaução, mas algumas aeronaves hangaradas acabaram ficando danificadas.

Além disso, a câmera localizada em Maho Beach, que transmitia em tempo real o movimento das aeronaves na cabeceira da pista, mostrou a intensidade do furacão Irma e registrou imagens até ser danificada pelo vento forte. Aqui está um vídeo da câmera perto da pista:

O Aeroporto Internacional Princess Juliana tornou-se um importante ponto de trânsito para os turistas que visitam a região, e Maho Beach ficou conhecida mundialmente por permitir que os turistas pudessem ver de perto as aeronaves que passam raspando a cabeça das pessoas que ali passam as férias.

Aeronaves danificadas após a passagem do furacão.
Ponte de embarque destruída no aeroporto.
Cabeceira da pista do aeroporto, junto a Maho Beach, que deixou de ter areia e simplesmente desapareceu.

De acordo com jornal britânico The Guardian, o Irma atingiu a terra firme em St. Maarten no início da quarta-feira, causando grandes inundações e um apagão. Duas pessoas morreram na ilha devido a passagem do Irma.

A famosa praia de Maho Beach, onde turistas e spotters viam a chegada e partida dos aviões comerciais no Aeroporto Princess Juliana.

SEM COMENTÁRIOS