Elephant Walk realizado com caças F-35B Lightning II na Estação Aérea dos Fuzileiros Navais de Beaufort, Carolina do Sul. (Foto: Gunnery Sgt. Brandon Owen / USMC)

Os pilotos designados para o Esquadrão de Treinamento de Caças de Ataque dos Fuzileiros Navais (VMFAT) 501 realizaram com sucesso seu primeiro exercício de “Caminhada dos Elefantes” (Elephant Walk), lançando 20 aeronaves F-35B Lightning II, a primeira vez com esta versão da aeronave Joint Strike Fighter.

Em uma exibição extraordinária de potência bruta, poder militar e prontidão operacional, as equipes de terra e ar do VMFAT-501 lançaram 20 aeronaves num curto espaço de tempo, no dia 1º de maio, em apoio ao treinamento programado.

“O lançamento e recuperação de forma segura das aeronaves confirmam o compromisso do esquadrão em atingir e manter o mais alto nível de prontidão para treinar a próxima geração de pilotos F-35B do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA e nações parceiras”, disse em comunicado divulgado pela Estação Aérea dos Fuzileiros de Beaufort, Carolina do Sul.

Uma manobra “Elephant Walk” é um elemento fundamental de treinamento quando se prepara para missões globais de ataque.

A USAF havia realizado o primeiro elephant walk com o F-35 em novembro do ano passado, mas com a versão de decolagem e pouso convencionais. O Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA utilizam a versão de decolagem curta e pouso vertical (STOVL) F-35B.

“Elephant Walk” é um termo único da Força Aérea dos EUA introduzido durante a Segunda Guerra Mundial, tornando-se parte da linguagem institucional do serviço. A grande frota de bombardeiros do Exército da Força Aérea dos EUA realizava regularmente ataques por surtidas que incluíam mais de 1.000 aeronaves. Observadores notaram que os movimentos de táxi dos bombardeiros com carga máxima de armas, acompanhando de perto a cauda da aeronave na frente, lembravam os pesados ??elefantes a caminho do próximo bebedouro. O termo ficou marcado – e geralmente é realizado para preparar esquadrões para operações de tempo de guerra, bem como preparar pilotos para o lançamento de aeronaves totalmente armadas em um evento de grande escala.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

    • Realmente muitos $$$ e o interessante é que contribuinte dos EUA consegue ver o seu investimento em movimento e provavelmente, a maioria, também sente orgulho de ver seu país dominar e exportar tecnologia de ponta e o mais importante, a sensação de ter seus interesses protegidos com o seu uso. Impressionante!!!

Comments are closed.