Recentes imagens mostraram os caças Gripen C/D armados com mísseis Meteor e AMRAAM ao mesmo tempo. (Foto: Jörgen Nilsson)

A Saab, a Força Aérea Sueca e a Administração de Material de Defesa da Suécia integraram o míssil ar-ar além do alcance visual Meteor da MBDA no caça Gripen em julho de 2016, juntamente com a atualização mais recente, conhecida como MS20. Seguem recentes e belas imagens de aeronaves de caça Saab JAS39 C/D Gripen com o míssil de longo alcance Meteor.

Nas fotos feita o Jörgen Nilsson, e divulgado pelo Gripen Blog, os caças Saab JAS 39C Gripen suecos aparecem armados com mísseis Rb 98 IRIS-T, Rb 99 AMRAAM e Rb 101 Meteor ao mesmo tempo.

“O míssil Meteor é atualmente o míssil guiado por radar mais letal em serviço operacional”, disse o chefe-geral da Força Aérea Sueca, Mats Helgesson. “Estou muito orgulhoso e satisfeito por ter o Meteor no inventário da minha força aérea.”

Alimentado por um motor a jato, o míssil tático Meteor pode ser lançado para derrubar ameaças aéreas a uma distância de mais de 100 km.

A atualização completa MS20 fornece aos Gripens da Força Aérea Sueca novas opções de capacidade para missões ar-ar, ar-superfície e inteligência, vigilância, aquisição de alvos e reconhecimento (ISTAR).

A atualização MS20 também incluiu a integração da Boeing GBU-39 Small Diameter Bomb para uma capacidade de ataque de alta precisão e longo alcance.

A aeronave vem com um sistema de datalink Link 16 aprimorado que suporta um aumento significativo na troca de dados entre outros caças.

Um novo sistema de prevenção e colisão no solo (GCAS) também foi incluído para proteger a aeronave em ambientes exigentes de baixa altitude, além de um sistema CBRN melhorado que permite que o Gripen permaneça operacional e eficaz no caso de ataque com produtos químico, biológico, radiológico ou nuclear.

A Força Aérea Sueca opera 73 caças Gripen C (monopostos) e 24 Gripen D (bipostos), todos com a atualização MS20 (a mais recente para a versão Gripen C/D).

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. Uma opção que puder pagar o Meteor. a FAB é que não que já tem seu BVR. por mim seria mais importante a FAB comprar o RBS-15 para defesa naval.

Comments are closed.