O jato pessoal Flaris LAR1 durante seu primeiro voo.

No dia 5 de abril, o jato pessoal polonês Flaris LAR1, projetado pela Metal-Master, decolou pela primeira vez, a partir do Aeroporto Babimost, em Zielona Gora.

Wieslaw Cena, um experiente piloto de teste, estava nos controles do Flaris LAR1. A aeronave pode levar cinco pessoas, tem um valor estimado de US$ 1,5 milhão e está equipada com um pára-quedas balístico para aeronaves no nariz e aviônicos Garmin G600.

No voo de teste inicial, Cena verificou as configurações ideais de decolagem e pouso do jato, bem como seu controle e estabilidade. As condições do vento durante o primeiro voo foram relatadas como tempestuosas e houve um componente de vento cruzado. Ao todo, 26 decolagens e pousos foram realizados durante o voo inicial.

“Este é um marco para o projeto e para o setor de aviação”, disse o chefe do Programa Flaris, Rafal Ladzinski. “Este pequeno jato, movido por um motor Williams FJ33-5A produzido nos Estados Unidos, é uma estrutura mundial inovadora. Pertence a uma nova categoria de Jatos Pessoais de Alta Velocidade (HPJ).

O Flaris LAR1 foi projetado para pilotos com licença de piloto privado. Pode decolar e pousar em aeroportos com pista curta de grama. Voa a uma velocidade comparável a aeronaves de passageiros (770 km/h TAS no FL250), com um alcance de 1.600 milhas náuticas.

O primeiro voo do Flaris, que tem sido esperado por muitas pessoas em todo o mundo, foi um sucesso para o projeto polonês e seu fabricante que recebe incentivo da União Europeia.

4 COMENTÁRIOS