O Tupolev Tu-144LL sendo levado por transporte rodoviário para o local onde será transformado em monumento em Zhukovsky, próximo de Moscou. (Foto: Mikhail Gribovsky)

Na entrada da cidade de Zhukovsky, perto de Moscou, uma aeronave Tu-144 será instalada como monumento. O serviço de imprensa do Ministério dos Transportes e Infraestrutura Rodoviária da Região de Moscou divulgou as imagens do processo de transporte da aeronave para o local onde ficará exposta.

A instalação da aeronave (número de cauda 77114) está localizada na intersecção da rua Tupolev com a rodovia Tupolevskoye, em antecipação ao lançamento da feira aeroespacial internacional MAKS-2019. O evento será realizado na cidade de Zhukovsky, na região de Moscou, de 27 de agosto a 1º de setembro. Os moradores locais escolheram o local para instalar o monumento.

A movimentação da aeronave pela estrada exigiu cálculos de engenharia significativos: as asas foram removidas, bem uma parte considerável do equipamento experimental foram removidos do avião para reduzir a massa total da estrutura (que é de cerca de 80 toneladas). O processo para transportar o comprimento da fuselagem de 65 metros levou mais de 4 horas. Para instalar a aeronave em um pedestal, suportes fortificados especiais serão usados.

De acordo com o canal de TV “360”, a aeronave de passageiros supersônica Tu=144 foi desenvolvida pelo departamento de design Tupolev na década de 1960, fez seu primeiro vôo em 31 de dezembro de 1968.

A aeronave, que será usada como monumento, é um antigo laboratório voador no programa de pesquisa de velocidades supersônicas. A última vez que seu voo ocorreu foi no final dos anos 90. Em vez dos antigos motores, foram instalados motores NK-32 com pós-combustão no Tu-144LL.

Note-se que o comprimento da aeronave é de 65 metros, tem uma altura de 12,5 metros, envergadura 28 metros. Anteriormente, o avião estava localizado na aérea do Instituto de Pesquisa de voo Grumov onde passou por uma restauração, foi pintado com as cores da companhia aérea soviética Aeroflot.

A colocação da aeronave no local foi ativamente apoiada pelo governador da região de Moscou, Andrei Vorobyov, bem como pela filial regional e local do partido Rússia Unida, pelo aeroporto de Zhukovsky e pela Fundação de Lendas da Aviação. A aeronave estará aberta para visitação no Dia da Cidade, 17 de agosto.

Anúncios

6 COMENTÁRIOS

  1. Lindo avião, mais bonito que o Concorde que também era muito bonito.

  2. Finalmente o lugar certo pra ele. Desde o começo ele Não foi feito pra voar….

  3. Bela homenagem. Mesmo não tendo sido um sucesso comercial, o exercício de engenharia teve seus ganhos e aplicações em outros projetos. Temos que lembrar que somente Rússia, Ucrânia, China, Estados Unidos, Canadá e países do consorcio Airbus são os únicos Estados com capacidade de fabricação própria de um simples parafuso ao desenvolvimento completo de um motor aeronáutico. Sem falar na sua capacidade de projetos espaciais. Saudações,

  4. Que aeronave linda. Uma pena que esse tipo de avião sofreu de obsolescência precoce. Seria legal ver hoje um ConcordeNEO ou um Tu144MAX.

Comments are closed.