O caça de quinta geração J-31 (J-21?) “Falcon Eagle”, visto na fábrica da Shenyang neste sábado, com a matrícula ’31001?.

No ano passado surgiram na internet supostas informações que a China estaria desenvolvendo um segundo caça de quinta geração, menor que o Chengdu J-20, que realizou seu primeiro voo em janeiro de 2011. Na metade de 2012, fotos de um possível protótipo, sendo transportado sobre um caminhão, surgiram em diversos sites e blogs chineses. Hoje surgiram novas imagens em fóruns chineses do novo caça, chamados de Shenyang F60 “Falcon Eagle” (aparentemente J-31 em uso na China). A aeronave foi vista no sábado, realizando verificações junto a fábrica da AVIC Shenyang Aircraft Corporation.

O caça J-31/F60 que ao que tudo indica deve realizar em breve seu primeiro voo na China.
Visto de frente, o caça lembra muito o norte americano F-35 da Lockheed Martin.

As imagens do F60 mostram um caça de tamanho médio, similar ao F-35 mas com dois motores, e cauda vertical dupla. A entrada do motor também possui característica furtivas, como o F-35. Alguns especialistas dizem que o F60/J-31 seria utilizado em porta-aviões, diferentemente do maior J-20 que deve ser utilizado como caça interceptador. Duas hipóteses foram levantadas: será um caça para competir com o J-20 para uma possível escolha futura da PLAAF (Força Aérea do Exército Popular da China), ou será uma opção de caça de quinta geração para PLAN (Marinha da República Popular da China). A PLAN também usa do caça russo Su-33 e sua cópia designada localmente J-15, também fabricada pela Shenyang.

O jato F60 quando era levado sobre um caminhão pelas estradas chinesas em junho desse ano.

Na semana que vem, o Secretário de Defesa dos EUA, Leon E. Panetta, estará na sua primeira visita a China, e quem sabe poderá testemunhar o primeiro voo do novo caça furtivo chinês, que foi visto com a matrícula “31001”, podendo indicar que sua designação poderá ser J-31. As duas primeiras aeronaves de testes do J-20 tinham as matrículas “2001” e “2002”.

Enhanced by Zemanta
Anúncios

20 COMENTÁRIOS

  1. aquela expressão usada pelo chacrinha com relação ao programas de televisão ´´nada se cria, tudo se copia“ deveria ser aplicada ao meio aeronautico tá a cara de outro caça ainda não operacional

  2. Basicamente é um F-35 com dupla motorização e as derivas verticais do F-22. 🙂

    Agora sim podemos antever o futuro da PLAAF:

    J-20: Caça-bombardeiro de longo alcance
    J-21: Caça de médio porte para Superiodade Aérea/Ataque
    J-10B: Caça médio-leve para 2ªlinha.

    []'s

    • Hmm, então pode ser como alguns previam. O J-20 pode ser um caça bombardeiro puro. Vou ficar atento ao sinodefense.com daqui pra frente.

      ———————-

      Off topic:

      Amigo Valduga, parece que os Mujahideens talibans destruíram seis Harriers no Afeganistão ontem.

      Allahu Akbar!!!!!! kkkkkk

      • Cono sempre na contramão meu caro Relohoeiro?Ademais,as tietes chinesas do foro de SP estão exagerando quanto ao verdadeiro potencial deles afinal todos sabemos que nem turbofans confiável conseguiram copiar

    • A China hoje talvez seja o país que tenha mais hackers espiões. Eu não duvido de nada. Tá muito igual.

  3. Eu não subestimo esses caras nem a pau… No dia 27/08/2012, um monte de gente riu quando o Cavok noticiou a apresentação da versão de reconhecimento tático do J-8II, batizada de JZ-8F. Aviãozinho antigo, anteninhas novas nas costas, que graça… Quem achava que os chineses estavam parado naquilo, um recondicionamento de jato claramente antiquado, agora pôde se situar no tempo e notar como estamos atrasados quanto à informações/contrainformações: só saberemos o que eles quiserem que saibamos mesmo. Todo mundo toma como base o J-10B e conclui que eles não tem independência e tecnologia para um bom radar, aviônicos, motores… E agora sabemos que eles não são bons somente em maquetes, transportadas por caminhão, mas na produção de um F-35A cover que ninguém soube prever. Só falta um voo comprobatório e imagens, pois ainda estamos na ignorância se os bocais furtivos tem TVC e se ele é funcional — e assim, saber dos "especialistas" se o projeto e know how foi comprado dos russos ou "afanado" na Europa…

    • Sabe meu caro ator, o crescimento e consolidação do poderio militar chinês é bem capaz de criar uma das mais improváveis alianças: OTAN+Rússia(que na verdade é EUA e Rússia).

      Enquanto isso na sala de justiça…

  4. Hehe…e te uns que teimam em dizer que a tecnologia stealth não presta, que a tecnologia da bola de cristal vai ser infalível com isso e tal…e os chineses só desenvolvendo aeronaves stealth…que coisa, não?

    E o B-2 deles?

    Bom, sobre a divulgação desse F-tlinta e cinco, os militares japoneses agradecem!

  5. Os chineses não estão para brincadeira…
    Quanto uma possível coalizão OTAN/RUSSIA,muito difícil acontecer,
    porque vemos claramente que os EUA se movem em direção as fronteiras russas e chinesas, ou seja , é muito mais fácil China e Russia se unirem como já demonstram acontecer no caso Síria, do que o contrario…

    Minha opinião é claro…

    • Concordo num curto a médio prazo China e Russia serão aliados por motivos obvios, no longo prazo só Deus sabe.
      Quanto ao caça em questão, muitos dirão que ele é inferior a f22 ou F35 mas o que importa para os Chineses é que o caça é Chines e serve para seus propositos. Quanto ao roubo de tecnologia que muitos tem dito em outros comentarios, vale resaltar que chines não é burro e mesmo tecnologia rouabada não vale nada em mãos despreparadas. Mas não duvidem de vazamentos controlados por parte de conglomerados de defesa dos EUA, para dar uma impulsionada nas encomendas.

      • Concordo, neste momento Russia e China parecem aliados, mais Geopolítica é assim mesmo sempre mudando, quem ontem era amigo pode se tornar inimigo, é tudo uma questão de interesses, do ponto em que o inimigo do meu inimigo é meu amigo…

        Quanto ao caça, vemos que se trata de um avanço espetacular, já que a inteligencia dos USA acreditava que o J-20 só voaria em 2020, e vemos a China lançar dois caças 5G em uma média de 2 anos, eles ultrapassaram até mesmo a Russia com muito mais tradição nesse campo, os chineses estão correndo contra o temo, enquanto há tempo para correr, estão seguindo o livro a arte da guerra, "se queres paz, prepara-te para a guerra".

  6. Eles são práticos, como não tem uma turbina potente como a do F-35, vão de duas menores de produção caseira.

  7. Ora ora parece que todos nós subestimamos a capacidade chinesa de produzir novos avioes com novas tecnologias.

    É uma surpresa eles ja terem copiado o F 35 e botado duas turbinas nele.

    Isso prova que os chineses são bem mais espertos do que os americanofilos disseram anos atras…

    A Russia não tem problema nenhum com a China.

    Mas os USA e seus vassalos tem…

    De fato acho improvavel que Otan e Russia se unam contra a China, Moscou ou fica neutra ou se alia a Pequim.

    Pq quem esta irritando Moscou, perturbando, enchendo o saco, sao os USA e não a China.

    A Russia adora a China ! Quanto mais crescerem mais petroleo comprarao do Kremlin.

    Aquele conflito sino-sovietico já é passado e foi resolvido.

    Ah nao ser claro que algum louco tome o poder na China e queira brigar com Moscou, mas aí´é outro caso…para ser resolvido pela poderosa Frota de Sumbmarinos balísticos nucleares do Pacifico. Não precisa nem a frota, um delta III veterano submerso em Vladivostók ja resolve a questão…

    • Caro Wagner…

      Dessa vez vou discordar…

      A concepção do J-11 ainda hoje é algo "indigesto" no que tange as relações entre Moscou e Pequim.

      Quanto a petróleo, não é a toa que chineses buscam fontes alternativas; em particular na Africa. É provavel que Russia e China sejam adversários ecônomicos num longo prazo, principalmente no mercado militar; já é assim hoje, de certa forma, já que ambos disputam o mercado dos países "não alinhados" com o ocidente…

      Também não acredito em uma aliança EUA-Russia efetiva, mas se houver um vôo mais alto da China, pode ter certeza de que Russia e EUA agirão no sentido de conter as ambições chinesas, através de negociações pesadas, impondo dissuasão, se necessário. Afinal de contas, ambos os países tem interesses no Pacífico e uma expansão excessiva da China não é do interesse de ninguém…

  8. Os chinas nao sao bobos,sabem oque e´bom e nao sossegam ate obter copias doque e´excelente,mas uma vez os americanos ditaram moda, se os chinas tivessem lampejos de conclusoes semelhantes a alguns fobicos de plantao eles jamais perceberiam que para neutralizar um RAPTOR so outro kkkkk,e´uma delicia ter sempre razao,os cartilheiros perderao novamente,ou sera que acham os chinas bestas em copiar fracassos americanos kkkkk,Os USA nao possuem problema com os chinas ,alias estao com um projeto de ferrovia entre a america e pequim passando pela russia moderna,e eu nao sbia que Indonesia e vietnam tambem sao vassalos americanos,alem da india e´claro ! Agora o RAPTOR tera um rival (clonado )!

  9. Pode ser um ser blefe da China para botar horror no ocidente. Quem sabe.

    • Tudo é possível…mas não creio em tal, ainda mais que o que deve ter de engenheiros russos trabalhando por aquelas bandas…

  10. Pode ser parecido com F-22, F-35. Poderá ser o 5 geração chines do futuro. Mas o que vai fazer a diferença são seus sistemas internos, a tecnologia embarcada. E nisso os americanos ainda estão muito a frente dos chineses.

Comments are closed.