A primeira aeronave PC-24 entregue, para a cliente Planesense, dos EUA. (Foto: Pilatus-Aircraft)

Em uma cerimônia realizada hoje na Pilatus Business Aircraft, em Broomfield, Colorado, EUA, o primeiro jato bimotor PC-24 de produção foi entregue a cliente americana PlaneSense. A aeronave é a primeira das seis PC-24s que a PlaneSense tem encomendadas com a Pilatus.

Desde 1996, a PlaneSense se especializou com sucesso em oferecer serviços de transporte de propriedade fraccional com o turboélice PC-12 de um único motor. A PlaneSense, que atualmente opera 36 PC-12s, continuará a adquirir e operar o popular monomotor, e usará o PC-24 para expandir sua oferta de produtos para clientes novos e existentes.

George Antoniadis, fundador da PlaneSense, e também presidente e CEO, afirmou na cerimônia: “Temos a honra de ser o cliente de lançamento do PC-24 e estamos entusiasmados em adicionar este jato versátil e exclusivo à frota PlaneSense. Nós admiramos muito a qualidade e o estado do design artístico do avião Pilatus, e estamos orgulhosos de nos associarmos com a Pilatus nos últimos 22 anos. Este é um dia emocionante para nós, bem como para os nossos clientes que estão ansiosos para começar a voar nesta fantástica aeronave”.

Durante a entrega, o CEO da Pilatus, Markus Bucher, entregou as chaves do primeiro PC-24, número de série 101. Ele disse: “Nós estamos trabalhando ansiosamente nesse momento desde a concepção deste novo jato inovador há uma década. Em nome dos 2.000 funcionários da Pilatus, que criaram, construíram e certificaram as melhores aeronaves executivas em nosso histórico de 80 anos, estamos orgulhosos de que nosso cliente e parceiro de longo prazo PlaneSense tenha recebido o primeiro PC-24.”

Além da cabine maior e velocidade mais rápida, a PlaneSense aproveitará a porta de carga única do PC-24, o desempenho de pouso curto e a capacidade de pousar em pistas de pouso para acesso a locais que os jatos comerciais tradicionais não podem usar.

Antoniadis continuou: “Nossos donos de ações gozaram da capacidade de viajar dentro e fora de aeroportos menores com o PC-12. O PC-24 é o único jato que poderá acessar muitos desses mesmos aeroportos, o que economiza aos clientes uma quantidade significativa de tempo em relação às viagens comerciais e oferece uma enorme versatilidade para o programa PlaneSense”.

Com o PC-24 maior e mais rápido, a PlaneSense oferece uma opção adicional para clientes que buscam maiores velocidades, assentos para mais passageiros e a capacidade de acessar ilhas como Bermudas. Tal como acontece com o PC-12, o PC-24 servirá os clientes PlaneSense em todo os Estados Unidos, Canadá, Bermudas, Bahamas, Caribe e além.

Treinamento aos pilotos e entrada no serviço

Os pilotos da PlaneSense estavam entre os primeiros a ganhar classificações de tipo no PC-24 no Dallas Learning Center, da FlightSafety International, onde se baseia o primeiro simulador do PC-24 de nível completo. A FlightSafety também é a fornecedora oficial de treinamento de manutenção do PC-24 e já está conduzindo cursos com a PlaneSense e o pessoal do Centro de Serviços Autorizados da Pilatus como parte de um programa de entrada e serviço integrado e abrangente.

Quando pela primeira vez o PC PC-24 chegar na PlaneSense, ele completará os requisitos da FAA e depois iniciará um breve percurso nos locais dos EUA e internacionais para destacar suas capacidades únicas para os atuais e potenciais futuros proprietários de compartilhamentos de aeronaves fracionadas.

Antoniadis terminou seu discurso: “O PC-24 demonstrará sua capacidade versátil em pistas curtas em aeroportos de alta altitude, como o Telluride no Colorado. Haverá momentos em que o PC-24 é o único jato que pode operar a parti de algumas pistas de pouso”.

3 COMENTÁRIOS