Um Boeing 757 da Delta Air Lines fez um pouso muito complicado no sábado (17/08) no Aeroporto de Ponta Delgada, nos Açores, causando danos na fuselagem e no trem de pouso.

O Boeing 757-200 prefixo N543US operava o voo sazonal DL414 que havia partido do Aeroporto JFK de Nova York, EUA. Depois que o voo atrasou para partir, “fez um pouso forçado na pista 12 do aeroporto de Ponta Delgada João Paulo II” na ilha de São Miguel, por volta das 08h30, disseram fontes do aeroporto local.

As mesmas fontes disseram que o toque na pista com muita força causou danos estruturais à fuselagem e ao trem de pouso do nariz do avião da companhia aérea americana. Nenhum ferido foi relatado.

Muitos podem olhar para as imagens e pensar que não foi grande coisa, mas muitas vezes esses tipos de dobras na fuselagem podem fazer com que o avião seja descartado.

A aeronave ainda está na ilha. O voo de retorno foi cancelado. A Delta agendou dois voos amanhã de Ponta Delgada para Nova York, a fim de levar os passageiros para os EUA. O voo de resgate DL9959 (Boeing 757-200, N538US de Atlanta) está programado para chegar a Ponta Delgada por volta das 21h00, hora local.

Como os Açores fazem parte de Portugal, portanto, da União Europeia, cada passageiro terá direito a uma indemnização de 600 euros de acordo com o Regulamento EU261/2004.

Anúncios

5 COMENTÁRIOS

Comments are closed.