A primeira foto da nova versão do Night Hunter, o Mi-28NM, visto na unidade da Mil em Moscou. (Foto: Alexei / RussianPlanes)
A primeira foto da nova versão do Night Hunter, o Mi-28NM, visto na unidade da Mil em Moscou. (Foto: Alexei / RussianPlanes)
A última variante do helicóptero de ataque Mi-28 “Night Hunter” – o Mi-28NM – foi fotografado pela primeira vez na Fábrica de Helicópteros Mil, em Moscou.

O modelo tem como características principais um novo radar e sensores eletro-ópticos. (Foto: Alex S / RussianPlanes)
O modelo tem como características principais um novo radar e sensores eletro-ópticos. (Foto: Alex S / RussianPlanes)
O helicóptero Mi-28NM já está em desenvolvimento desde 2008, mas as suas características específicas ainda não são conhecidas, mas podem incluir uma baixa assinatura radar, alcance estendido, sistemas avançados de controle de armas, capacidade de engajamento ar-ar e aumento da velocidade máxima para 600 km/h (370 mph).

De acordo com informações em sites especializados, o piloto poderá usar um display incorporado ao capacete (HMD), projetado para exibir toda a informação visual necessária e para mirar em alvos em quaisquer condições meteorológicas, de dia ou de noite.

Os testes devem finalizar ainda em 2016. (Foto: Alex S. / RussianPlanes)
Os testes devem finalizar ainda em 2016. (Foto: Alex S. / RussianPlanes)
Em particular, a máquina recebeu o radar Nadterechny ?025, bem como um novo complexo de observação e navegação, que inclui o sistema de controle para o pouso sob forte nevoeiro e à noite. As máquinas serão instaladas com um controle duplo ou redundante, com o sistema de controle sendo duplicado na cabine para o navegador-operador, que também poderá pilotar o helicóptero, utilizar o sistema de navegação e também operar o sistema óptico e de armas.

A cabine está totalmente no conceito “glass”, onde praticamente foram excluídos todos dispositivos mecânicos. A operação do sistema é inteligente de tal forma que oferece uma decisão final e as opções a partir do qual o piloto seleciona o desejado.

Comparação entre o modelo Mi-28N e o Mi-28NM.
Comparação entre o modelo Mi-28N e o Mi-28NM.
A Rússia pretende finalizar os testes estatais com o novo modelo do Mi-28 ainda em 2016, com a entrada prevista em operação no ano seguinte.

Contribui o colaborador Rustam Bogaudinov, direto de Moscou

Anúncios

17 COMENTÁRIOS

  1. Meu deus, deixaram feio o bichinho, que dó! eaohaeohoae

    Eu acredito que eles melhoraram tudo no que falaram ali, mas duvido que abaixaram a assinatura radar dele.
    Olha aquelas janelas quadradas!!
    Aquilo lá atrás é tal do president?

  2. Eu penso que toda vez que que os militares se referem ao termo "baixa assinatura de radar" não estão se referindo ao conceito stealth dos caças, mas sim a aumentar a dificuldade de "lock" dos sistemas anti-aéreos, tais como o Igla e afins. Difícil imaginar um heli stealth sobre um campo de batalha tão próximo como é a arena desse tipo de helicóptero.

    • Penso a mesma coisa. Provavelmente, por causa disso e de custos, o Comanche foi cancelado, mesmo em estágio avançado de desenvolvimento. Sem contar que ele era projetado para reconhecimento armado.
      Helicópteros são muito vulneráveis no campo de batalha, mesmo por armas leves. No Iraque, Apache's foram derrubados com tiros de fuzil. Na Síria, usam até armas anti-tanque.

  3. Já parecia que era feito a Facão, feio, mas no fundo tinha um certo charme, uma "cara de mau"… Agora a cara de mau e o charme se foram…

  4. 600 km/h de velocidade máxima? Certeza?

    Eu acho que a versão antiga tem uma aparência mais assustadora.

  5. Dá para termos uma noção da dimensão absurda do Mi-26 logo atrás, aquilo não é um helis e sim um prédio de 2 andares que levanta voo.

    Quanto o Mi-28NM: parece que fui o único que gostei da nova aparência.

  6. Não que tenha alguma importancia, mas serio que vcs preferiam aquele "nariz" do MI-28N?? Ficou muito melhor sem a cara de rato.

  7. Sem querer parecer chato, mas acho que o nome correto do colaborador é Rustam BogaudiNOV, e não BogaudiVON.

  8. Em tempo, mas que heli horroroso!!! Quase ganha da Kombi no quesito beleza.
    Antes que alguma urssinha venha me admoestar, sei perfeitamente que o importante é a efetividade.

Comments are closed.