5 aviões Super Etendard Modernizados (SEM) partiram ontem da França com destino a Argentina.

Partiu ontem da França um navio com 5 aeronaves Super Etendard Modernizados (SEM) com destino ao porto de Bahia Blanca, Argentina.

O navio de carga Lily Auerbach, já está em deslocamento e tem previsão de atracar em 10 de maio de 2019 no porto argentino.

Envolto em plástico verde para proteção e acompanhado de 33 caixas com toda documentação técnica, peças de reposição, bancadas de teste, equipamentos de missão, ferramentas e um simulador de voo usado pela Marinha Francesa para treinamento. A volumosa carga marcará o reinício da era Super Etendard na Argentina.

Equipe técnica conclui o embarque das 5 aeronaves.
Navio Lily Auerbach está trazendo a “preciosa” carga para Argentina.
Caixa contendo material técnico é embarcada junto com aviões.

O Governo da Argentina autorizou a compra de cinco jatos Super Étendard da Marinha francesa, por 12,6 milhões de euros (US$ 15,1 milhões), informou o país sul-americano em seu diário oficial do governo em 11 de maio de 2018.

O acordo da operação entre os dois países “estabeleceu-se como uma das formas de cooperação que as partes adotarão, a aquisição de equipamentos, sistemas ou tecnologia de apoio logístico e de defesa, sua manutenção e sua formação correspondente,” de acordo com a decisão administrativa 962/2018 publicada em 11/05/2018 no Boletim Oficial do Governo Argentino.

 


NOTA DO EDITOR: Após atrasos e mais atrasos, finalmente as aeronaves encontram-se a caminho da Argentina. Resta “somente” chegar, montar, testar, colocar em operação, etc.. Um negócio da “China” para França e Argentina…

18 COMENTÁRIOS

  1. Alguém sabe se a argentina ainda tem algum SE dos 14 originais deles em operação ?

  2. É como a nota do editor diz, negócio da China.
    Mas é o que os Argentinos podem ter. Só não pode deixar eles comprarem Exocets, hahaha.

  3. É um avião bom ainda. Mas com o governo até congelando preços…vão ficar muito tempo só com isso aí. Tomara que consigam ao menos manter esses operando.

    • Pelo que tenho visto em outros sites, esses aviões serão utilizados para modernizar os modelos Argentinos. Eles transferirão os equipamentos bem mais modernos, para aeronaves Argentinas que estão com bem menos horas de voo.
      Deveriam ter comprado mais. Devem existir entre os 71 Super Ètendard aeronaves com horas de voo para serem utilizadas.

  4. Bacana as imagens dos Super Etendards embrulhados. Espero vê-los voando dentre em breve. Será que esses Super Etendards estão em melhores condições de combate do que os nossos F-5??
    Eu esperava que a Argentina comprasse uns J-10 ou de repente uns JF-17… Mas, é o que a casa tem para oferecer. Ótima matéria!

  5. Como o colega acima disse, o problema é vir com exocet ahah

    Os argies pagaram US$15 milhões e a riquiíssima MB que pagou se não me engano US$100 milhões para modernizar seis A4M, eu sou mais esse SÉ mas mesmo se forem semelhantes em desempenho, olha a diferença de valores ahah.

    Portanto não tirem sarro dos argies, tem "coisa pior" aqui.

  6. todos lá felizes com a compra. França vendeu velharia para os pobres argentinos que ainda estão usando reciclado dos anos 80. Os britânicos nas Falklands não devem se preocupar que a Argentina quebrada não pode nem se proteger quanto mais atacar. deviam dar uma medalha a mocreia Cristina kirchner por isso.

Comments are closed.