Um Typhoon em QRA da RAF acompanha um An-12 russo.

Caças Typhoon da Real Forca Aérea Britânica (RAF) que operam a partir da Base Aérea de Ämari, na Estónia, foram lançados duas vezes na terça-feira, 25 de Junho, para interceptar aviões militares russos voando perto do espaço aéreo estoniano.

Os Typhoons primeiro interceptaram um avião de transporte militar russo An-12 “Cub” e depois interceptaram dois caças Su-27 Flanker e um avião de transporte militar Il-22 “Coot B”.

Esta é uma missão de rotina para os Typhoons que conduzem o Policiamento Aéreo da OTAN, assegurando que o Reino Unido está trabalhando em parceria com a Estônia.

Os contatos em ambas as surtidas foram realizadas com segurança e operaram de maneira profissional durante toda a interceptação.

“Fomos acionados para interceptar um único avião que estava voando pela fronteira da Estônia/Filnândia vindo do leste. Fomos encarregados de identificar o contato e acompanhamos a aeronave através de um protocolo padrão”, disse o piloto do Esquadrão XI (Caça), ligado à 121 Ala Aérea (EAW), que estava realizando o serviço Alerta de Reação Rápida (QRA – Quick Reaction Alert) quando ocorreu o primeiro acionamento.

“Identificamos o contato como uma aeronave de transporte militar AN-12 (Cub) e acompanhamos o avião russo em direção ao oeste. Depois que a tarefa foi concluída, fomos liberados para deixar o contato e realizar treinamento no espaço aéreo segregado estoniano.”

“Nós nos esforçamos para interceptar três contatos que estavam transitando do noroeste da Rússia, em torno da Estônia para Kaliningrado. Fomos encarregados de identificar os contatos e acompanhá-los”, comentou um dos pilotos do Typhoon no segundo contato.

“Interceptamos a aeronave na costa oeste da Estônia, identificamos os contatos como uma aeronave de transporte militar IL-22 (Coot B) e dois caças Su-27 Flanker. Os contatos foram acompanhados para o sul antes de entregá-los às aeronaves sueca de Alerta de Reação Rápida, dois SAAB JAS39 Gripen.”

A Royal Air Force está implantada na Operação AZOTIZE na Estônia em apoio ao Policiamento Aéreo do Báltico. Estas foram as décimas e décimas primeiras interceptações realizadas pelo QRA desde que a RAF assumiu o reforço de policiamento aéreo (eAP) da Força Aérea Alemã no dia 03 de maio de 2019, como parte do Policiamento Aéreo do Báltico.

O Reino Unido opera em apoio à OTAN para tranquilizar os aliados e é mais uma demonstração do compromisso do Reino Unido com a segurança da região.

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

  1. Dale a Rússia passar perto, somente para ver o tempo de reação da RAF, dos SUECOS. Até parece brincadeira da Rússia. Poderia respeitar e passar um pouco afastado, mas competição é isso mesmo. Bom trabalho no Policiamento do Báltico.

  2. "Sobre a Estônia" ? Faz pensar que a interceptação foi em espaço aéreo Estoniano…

Comments are closed.