Os dois últimos Fokker 50 da KLM Cityhopper durante o último voo pela companhia aérea holandesa no dia 28 de março. (Foto: Ben Ullings)

A companhia aérea holandesa KLM Cityhopper, subsidiária da KLM, operou no dia 27 de março seu último voo comercial com uma aeronave Fokker 50, num voo entre o Aeroporto Internacional de Heathrow, Londres, para o Aeroporto Internacional Schiphol, em Amsterdã, na Holanda.

O último voo operacional do Fokker 50 da KLM foi no dia 27, mas a companhia aérea holandesa efetuou dois voos de despedida no domingo, dia 28. (Foto: Ben Ullings)

O Fokker 50 foi a última aeronave turbohélice da frota da KLM Cityhopper, a qual agora será composta somente por aeronaves a jato. Retiradas de operação como parte do programa de renovação de frota da KLM, a companhia aérea substituiu a maioria dos seus Fokker 50, tendo investido pesado na renovação para aumentar a estabilidade operacional, reduzir os custos e baixar a emissão de CO2.

Após pousarem no Aeroporto de Schiphol, em Amsterdã, os dois Fokker 50 da KLM taxiam atrás dos caminhões dos bombeiros que recepcionaram as aeronaves ainda na pista. (Foto: Ben Ullings)

Entre o final de 2008 e o final de 2010, a KLM iniciou a retirada de operação da maioria de seus Fokker 100 e de todos aviões Fokker 50 da frota com a entrada em operação de 17 novos jatos Embraer 190 e cinco aeronaves Fokker 70.

Como o Fokker 50 deixou uma importante marca na história da KLM e da KLM Cityhopper, a companhia aérea marcou o evento de retirada de operação com dois voos de despedidas para convidados especiais no domingo, dia 28 de março.

As crianças da Fundação Stichting Hoogvliegers que foram convidadas para voar nos dois últimos voos do Fokker 50 pela companhia aérea holandesa. (Foto: Ben Ullings)

Um desses voos foi reservado para a Stichting Hoogvliegers, uma fundação que organiza voos para crianças que estão gravemente doentes ou que necessitam de cuidados especiais. Desde a sua criação, a fundação manteve um relacionamento próximo com a KLM.

Para saber mais sobre a despedida dos Fokker 50 clique aqui.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS