747-400 matrícula N744VG “Cosmic Girl” será usado como plataforma de lançamento de foguetes.

O mais novo membro da família Virgin é a Virgin Orbit. Este novo “time” está em processo de lançamento de um pequeno satélite a partir de um Boeing 747-400 (N744VG).

A Virgin Orbit está atualmente em testes com o B747-400, batizado de Cosmic Girl, com um pilone desenvolvido especialmente a partir do qual a LauncherOne, o foguete lançador de satélite, será lançado.

O LauncherOne é um foguete descartável de dois estágios que será lançado da Cosmic Girl de uma altitude de aproximadamente 35.000 pés antes do lançamento de seu voo de três minutos movido a foguete para o espaço. Após a separação dos estágios, o único motor do estágio superior carregará o(s) satélite(s) em um voo espacial de quase seis minutos para a órbita.

Começar cada missão com um avião em vez de uma tradicional plataforma de lançamento em terra oferece benefícios de desempenho em termos de capacidade de carga, mas o mais importante é que o lançamento aéreo oferece um nível inigualável de flexibilidade.

Foto mostra em detalhe o “pilone” de lançamento dos foguetes, ao lado do motor 2.

O LauncherOne irá operar a partir de uma variedade de locais, independentemente das linhas tradicionais de lançamento – que são muitas vezes congestionadas com o tráfego – e terá a capacidade de operar através de condições climáticas e outros impedimentos que atrasam os lançamentos tradicionais.

No final dessa sequência, o LauncherOne implantará o satélite (ou satélites) na órbita desejada. Ambos os estágios do LauncherOne serão desabsorvidos com segurança, enquanto a Cosmic Girl retornará a um aeroporto predeterminado, onde poderá ser rapidamente preparado para seu próximo voo.

A Virgin Orbit liberou algumas imagens da asa esquerda da Cosmic Girl.

O LauncherOne é capaz de carregar 300 quilos a uma órbita Sun-Synchronous de 500 quilômetros.


 

SEM COMENTÁRIOS