O quarto tiltrotor AW609 (AC4), totalmente representativo da configuração de produção final, realizou com sucesso seu primeiro voo na fábrica da Leonardo na Filadélfia, no dia 23 de dezembro.

O voo, a partir do Northeast Philadelphia Airport, marca a entrada da nova aeronave nos estágios finais de desenvolvimento do programa e dos testes de solo / voo.

Durante o voo inicial, cerca de oito anos depois que Leonardo assumiu a propriedade total do programa AW609, o AC4 realizou um pairar de 6 metros para permitir a coleta de dados e fotos, disse o piloto de teste Dan Wells. “Movemos os controles em cada eixo e a resposta [foi boa]. Então fizemos pressionamos o pedal para girar para a esquerda, um pedal para girar para a direita e aterrissamos. Tudo correu muito bem.”

Com este voo, o primeiro tiltrotor comercial de múltiplas funções do mundo também alcançou um marco importante em seu caminho para a certificação FAA. O AW609 será certificado na nova categoria Powered Lift da FAA, a primeira nova categoria de aeronaves certificadas pela FAA em décadas.

O AC4 está equipado com cabine para nove passageiros e uma porta de cabine recém-configurada e ampliada, focada para operadores de EMS e SAR. A cabine de comando do AC4 foi atualizada para o padrão de produção da Rockwell Collins Pro Line 21, que equipa os protótipos para o sistema Pro Line Fusion de três polegadas e tela sensível ao toque de 14 polegadas.

“O novo layout da cabine com telas touchscreen realmente provou seu valor e a aeronave superou todas as nossas expectativas”, disse Wells sobre o primeiro voo do AC4.

Combinando o desempenho de decolagem e pouso vertical de um helicóptero com velocidade, alcance e conforto de um avião turboélice, o AW609 está pronto para transformar as tarefas de transporte privado, EMS, SAR, transporte offshore e patrulha.

O tiltrotor AC5, a primeira aeronave de produção AW609, está em montagem final na Filadélfia. O primeiro voo está previsto para 2020.

Anúncios