Pouso do helicóptero Wildcat a bordo do HMS Queen Elizabeth. (Foto: Royal Navy)

Um helicóptero Wildcat pousou a bordo do HMS Queen Elizabeth pela primeira vez. O porta-aviões em breve estará no mar na costa dos Estados Unidos, tendo chegado à Flórida na semana passada, para realizar testes de voo.

O porta-aviões será acompanhado pelo HMS Monmouth durante os testes, uma fragata Tipo 23 atuando como escolta do HMS Queen Elizabeth.

Pouco depois de chegarem aos Estados Unidos, seis marinheiros da HMS Queen Elizabeth foram presos, com dois tendo tasers sendo usados contra eles.

O HMS Queen Elizabeth também será acompanhado por vários jatos de combate F-35B durante testes de voo e helicópteros Merlin.

Os testes permitirão que dois jatos de teste F-35 conduzam 500 decolagens e aterrissagens no porta-aviões de £ 3 bilhões enquanto ele estiver no mar.

Um major do Corpo de Fuzileiros dos EUA se juntará a três pilotos de testes britânicos na condução do primeiro pouso a bordo do navio.

Espera-se que o HMS Queen Elizabeth esteja totalmente operacional em seu papel Carrier Strike em 2021.


Fonte: British Forces News

6 COMENTÁRIOS

  1. novo NAe nçao nuclear em direção dos EUA para treino de pouso do F-35B que é V/STOL ou o F-35C que é por catapulta e não rampa de decolagem. Isso não permite decolagem com carga máxima de armas e combustível.
    Holligans na tripulação dele é normal nos estádios ingleses.